Artigos e Informativos






O CPT Cursos Presenciais garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
A conservação do solo e o manejo

 

Sendo uma das principais fontes de alimentos e de sobrevivência para as populações a agricultura que aumento significativamente. Com uma demanda maior de alimentos devido ao aumento da população mundial tem levado o homem a utilizar as terras sem os cuidados necessários para que elas produzam bem sem os riscos de desperdícios dos recursos naturais.

Em relação ao Banco Mundial, os solos agrícolas do mundo vêm se degradando a uma taxa de 0,1% ao ano, dados que corroboram com os estabelecidos pela FAO, que apontam a perda de cinco milhões de hectares de terras aráveis por ano devido a más práticas agrícolas, secas e pressão populacional, além de inúmeras ações antrópicas de exploração inadequada dos recursos naturais englobando o compartimento solo.

Muitas áreas, no Brasil, já apresentam sinais evidentes de destruição em seus solos. A erosão superficial ou a redução drástica do nível de fertilidade do solo muitas vezes passam despercebidas pelos agricultores, que não intervêm no momento certo e somente o fazem quando o processo de degradação encontra-se mais adiantado. Em regiões onde a pressão pelo uso da terra não é grande, e valendo-se de sua grande área territorial a agricultura brasileira tem caminhado descuidadamente em busca de outras terras, ao invés de melhorar as já desgastadas.

A improdutividade de muitos solos é consequência da erosão hídrica, facilitada e acelerada pelo homem através de práticas agrícolas incorretas, como o plantio contínuo e inadequado de culturas esgotantes e pouco protetoras do solo, o plantio em linha a favor do declive, a queimada drástica, o pastoreio excessivo, etc.

Com  manejo incorreto dos solos agrícolas tem proporcionado aumento significativo de terras degradadas.

Em relação a ciência agronômica brasileira vem demonstrando ser possível a conservação das propriedades produtivas das terras, desde que seja assegurado aos solos o emprego de medidas simples, praticáveis e econômicas de manejo.

Manejar o solo e utilizá-lo adequadamente, tendo como base a relação dos vários fatores que afetam a produtividade agrícola, tais como: rotação de culturas, o uso de adubos verdes, a fertilização, a irrigação correta e o cultivo adequado. Significa aplicar um conjunto de técnicas com a finalidade não só de protegê-lo como também melhorar a produção das culturas.

Para o manejo do solo a melhor decisão é a de elevar e manter a sua produtividade, como: as técnicas de manejo e os programas de manejo.

As técnicas de manejo são aquelas que visam aumentar e manter a potencialidade dos solos; envolve o controle de suas propriedades e características e o controle da erosão.

Em relação aos programas de manejo implicam em executar um estudo genérico das técnicas de manejo, o estudo dos pré-requisitos e efeitos produzidos pelas diferentes modalidades de atividades agrícolas, a identificação do agro-sistema, o que significa conhecer as potencialidades e características de cada um deles e a elaboração do programa de manejo.

 A conservação do solo é a designação coletiva dos programas de prevenção e controle à erosão, da excessiva perda de nutrientes e, de uma maneira geral, da perda de sua capacidade de sustentar a vegetação natural e/ou a agricultura.

Conservar é aplicar um conjunto de técnicas ao solo, de maneira a ser obtido um rendimento maior e constante e tem a finalidade de manter ou aumentar a produtividade sem que, contudo haja degradação de suas propriedades físicas, químicas ou biológicas.

Com o manejo adequado do solo também está sendo feita a conservação. Através do manejo é possível aumentar a capacidade produtiva, conservando não só a fertilidade natural, como também os fertilizantes empregados pelo homem e uma quantidade adequada de água pluvial, elementos esses que em conjunto, se não forem bem protegidos, serão irremediavelmente perdidos.

A recuperação de áreas degradadas pode ser conceituada como um conjunto de ações idealizadas e executadas por especialistas das diferentes áreas do conhecimento humano, que visam proporcionar o restabelecimento das condições de equilíbrio e sustentabilidade existentes anteriormente em um sistema natural. O caráter multidisciplinar das ações que visem proporcionar esse retorno deve ser tomado, fundamentalmente, como o ponto de partida do processo.  

Fonte: CPT Cursos Presenciais

Adaptação:   Equipe CPT Cursos Presenciais

Autor(a): Silvana - Equipe CPT Cursos Presenciais

Data: 06/11/2012


Quero receber promoções
  • imprimir
  • contato
  • twitter
  • facebook
  • orkut

Artigos relacionados!
Gostaria de receber informações sobre nossos cursos? Preencha os campos abaixo:





Confirmação

O CPT Cursos Presenciais garante a você total segurança e confidencialidade em seus dados pessoais.
Preencha os campos abaixo para receber informações completas de promoções e descontos.





Confirmação

O CPT Cursos Presenciais garante a você total segurança e confidencialidade em seus dados pessoais.
  • twitter
  • facebook
  • google+
  • You Tube
  • Linkedin
  • Bradesco
  • Master Card
  • Visa
  • Itaú
  • Site seguro