Artigos e Informativos






O CPT Cursos Presenciais garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
As instalações para a implantação da granja de aves

 

A atividade da avicultura melhorou muito nos últimos anos graças ao investimento em tecnologia. Avicultura é o ramo de atividade que se dedica à criação de aves (galinhas, patos, perus, faisões, pombos, cisnes, gansos, pavões, etc.). Atualmente a avicultura é uma técnica muito complexa, dada à maneira extremamente técnico/científica como se procede a criação intensiva.

A avicultura é um setor que se encontra em franco desenvolvimento no país e em busca de novas técnicas que proporcionem o crescimento de produção e a diminuição de perdas no setor.

As instalações para aves distinguem-se das indicadas a outros animais, não levando em conta somente o aspecto higiênico, mas também no manejo da criação. Um bom projeto de instalação preenche as condições que admitam o seu apropriado funcionamento, ressaltando a parte econômica da construção, a qual se apresenta de forma simplificada, possibilitando curto espaço de tempo na sua realização e a emprego de materiais acessíveis.

É fundamental que antes da construção, adaptação, ambientação e equipar seu galpão o produtor tenha exatamente definido a finalidade do mesmo. Todavia, alguns pontos são gerais para todos os tipos de abrigo para as aves tais como: proteção contra chuva; excessos de temperatura (baixa ou elevada); ventos; radiação solar; “stress”; poluição do ar; ectoparasitos e endoparasitas e roedores e aves.

Alguns fatores pertinentes devem-ser analisados antes de iniciar as construções. A seleção da localidade adequada para implantação do aviário tem em vista a otimização dos processos construtivos, de conforto térmico e sanitário, visando o aproveitamento das vantagens da circulação natural do ar e, evitar a obstrução do ar por outras construções, barreiras naturais ou artificiais.

Universalmente é indicada a orientação leste-oeste em galpões para confinamento de animais, com intuito de tornar mínima a incidência direta do sol sobre os animais através das laterais da instalação, haja vista que, nesse caso, o sol percorre ao longo do dia sobre a cumeeira da instalação. A largura do aviário é definida de acordo com o clima da região onde o mesmo será construído.

O pé direito do aviário é estabelecido em função da largura adotada, de forma que os dois parâmetros em conjunto favoreçam a ventilação natural no interior do aviário com acondicionamento térmico natural.

O estabelecimento do comprimento do aviário deve ser feito para se evitar problemas com terraplanagem, comedouros e bebedouros automáticos. O piso é importante para proteger o interior do aviário contra a entrada de umidade e facilitar o manejo. Este deve ser de lavável, impermeável e não deve ser liso.

Para o fechamento do aviário a mureta deve ter a menor altura possível, aproximadamente 0,2m, permitindo a entrada do ar no nível das aves, evitando a entrada de água de chuva e que a cama seja arremessada para fora do aviário. Uma tela de arame deve ser colocada entre a borda da mureta e o telhado, como também a instalação de cortinas para evitar penetração de sol e chuva e controlar a ventilação no interior do aviário.

Para o telhado o recomendado é que seja de material com grande resistência térmica, como o sapé ou a telha cerâmica. As telhas de alumínio ou zinco, devido ao barulho ocasionado durante a estação chuvosa, não são recomendadas, assim como também as telhas de cimento amianto com 4 mm de espessura, pois fornecem menor conforto para as aves. O material ideal para a cobertura deve ter alta refletividade solar e alta emissividade térmica na superfície superior e baixa refletividade solar e emissividade térmica na superfície inferior.

Em relação à distribuição de água na instalação as principais características dos bebedouros devem ser: fácil acesso para as aves; evitar que as aves se molhem e vazamento; fácil limpeza; proporcionar a utilização de medicamentos; preço compatível e durabilidade. Os comedouros devem ser os automáticos.

A implantação de aviário de corte deve levar em consideração todos os aspectos que forneçam uma boa acomodação para as aves, evitando qualquer tipo de desconforto.

                

Fonte: Ebah

Adaptação:   Equipe CPT Cursos Presenciais

Autor(a): Silvana - Equipe CPT Cursos Presenciais

Data: 22/01/2013


Quero receber promoções
  • imprimir
  • contato
  • twitter
  • facebook
  • orkut

Artigos relacionados!
Gostaria de receber informações sobre nossos cursos? Preencha os campos abaixo:





Confirmação

O CPT Cursos Presenciais garante a você total segurança e confidencialidade em seus dados pessoais.
Preencha os campos abaixo para receber informações completas de promoções e descontos.





Confirmação

O CPT Cursos Presenciais garante a você total segurança e confidencialidade em seus dados pessoais.
  • twitter
  • facebook
  • google+
  • You Tube
  • Linkedin
  • Bradesco
  • Master Card
  • Visa
  • Itaú
  • Site seguro