Artigos e Informativos






O CPT Cursos Presenciais garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Criopreservação de Embriões em Bovinos

Exemplo disso é a grande quantidade de embriões bovinos congelados anualmente. Em 2004, das 549.279 transferências de embriões produzidos in vivo no mundo, 222.301 (40%) foram de embriões congelados (VIANA, 2005). O armazenamento de embriões por longos períodos tem importantes aplicações operacionais, pois permite a simplificação da movimentação de material genético, a preservação de estoques genéticos raros e superiores, maior manejo das transferências, aproveitamento dos embriões excedentes de uma coleta e otimização da utilização de receptoras, possibilitando uma redução dos custos dessas biotécnicas. Além disso, a criopreservação promove uma maior adaptação do produto ao meio e maior segurança zoo-sanitária. Atualmente existem metodologias padronizadas de congelamento, o que permite a aplicação comercial da criopreservação em larga escala para embriões taurinos produzidos in vivo, resultando taxas de gestação que variam de 45 a 50%, ou seja, ligeiramente inferiores àquelas obtidas com embriões transferidos “à fresco”. Uma particularidade bastante importante quanto à criopreservação de embriões bovinos diz respeito à taxa de gestação de embriões zebuínos congelados ser aproximadamente 20% menor que a obtida com embriões taurinos congelados (Zanenga, 1993). Esse fato assume uma grande importância no contexto nacional, visto que, mais de 70% do rebanho brasileiro é constituído por zebuínos e seus cruzamentos. Diferentes características ultraestruturais entre embriões taurinos (Bos taurus) e zebuínos (Bos indicus), podem ser responsáveis por essa diferença. O congelamento lento com o etilenoglicol como crioprotetor tem sido o método mais utilizado para o congelamento de embriões bovinos produzidos in vivo. Ultimamente a vitrificação desses embriões tem resultado em taxas de prenhêz semelhantes àquelas obtidas com o congelamento lento. No entanto, a vitrificação tem sido o método de escolha para a criopreservação de embriões produzidos in vitro, apesar dos baixos resultados apresentados. Imagem disponível em: http://jpn.icicom.up.pt/imagens/ciencia/embriao_coreanos.jpg

Fonte: Apostila CPT Cursos Presenciais

Adaptação:   Equipe CPT Cursos Presenciais

Autor(a): Prof. Dr. Luis Fonseca Matos

Data: 23/04/2010


Quero receber promoções
  • imprimir
  • contato
  • twitter
  • facebook
  • orkut

Artigos relacionados!
Gostaria de receber informações sobre nossos cursos? Preencha os campos abaixo:





Confirmação

O CPT Cursos Presenciais garante a você total segurança e confidencialidade em seus dados pessoais.
Preencha os campos abaixo para receber informações completas de promoções e descontos.





Confirmação

O CPT Cursos Presenciais garante a você total segurança e confidencialidade em seus dados pessoais.
  • twitter
  • facebook
  • google+
  • You Tube
  • Linkedin
  • Bradesco
  • Master Card
  • Visa
  • Itaú
  • Site seguro