Artigos e Informativos






O CPT Cursos Presenciais garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Doença do prolapso uterino em vacas leiteiras - O tratamento deve ser rápido

APRENDA, NA PRÁTICA, TUDO SOBRE REPRODUÇÃO EM BOVINOS! CLIQUE AQUI E CONFIRA!

 

A produtividade do rebanho bovino é garantida pela eficiência reprodutiva, e para que ela aconteça é necessário que as vacas retornem a função reprodutora o mais rápido possível.

Contudo, fatores nutricionais, sanitários, problemas na identificação do cio, partos distócicos, entre outros atrasam o retorno da reprodução, levando a um maior período de serviço e de intervalo entre partos, redução no período de lactação e menor produção de bezerros por ano e durante a vida útil. Assim, com a produção baixa os custos com a manutenção reprodutiva dos animais aumentam.

O prolapso uterino ocorre quando parte do trato reprodutivo é projetado pela vagina, geralmente acontecendo após o parto. Os fatores que causam a ocorrência são os partos onde ocorrem contrações excessivas (distócicos e gemelares), hipocalcemia, retenção de placenta e infecção uterina.

O tratamento deve ser rápido pois, pode levar à morte. A superfície observada no útero prolapsado é a face interna do útero que envolve o feto durante a gestação (o endométrio). É através do endométrio que o feto recebe os nutrientes durante a gestação.

A fim de prevenir uma maior distensão do útero e também aliviar a dor do animal, deve ser feita uma anestesia peridural, que facilita a manobra, inibindo contrações e a defecação durante a operação.

Na operação de redução do prolapso, alguns cuidados devem ser tomados como, lavar o útero com bastante água corrente e uma solução diluída de polivinil-pirrolidona de iodo (PVPI), os restos de placenta e corpos estranhos devem ser retirados e para auxiliar o retorno do órgão à sua posição, pode ser utilizado um lubrificante obstétrico. O útero deve ser erguido e mantido acima da vulva do animal; inicia-se, então, uma pressão suave, firme e constante da porção mais próxima à vulva.

O prolapso pode ser prevenido através do controle da hipocalcemia, evitar animais com excesso de peso no momento do parto e observar as pastagens pois, o trevo estrogênico apresentam risco de prolapsos, em todos os animais, não somente nos gestantes.

 

 Clique aqui e saiba como obter desconto nos Cursos de Reprodução Bovina!

 

Qual a importância da eficiência reprodutiva para a viabilidade econômica do sistema de produção de corte e leite?

Quais os fatores ambientais e nutricionais que interferem na eficiência reprodutiva?

Quais as estratégias nutricionais e de manejo para aumentar a eficiência reprodutiva?

 

Fonte: Oboulo

Adaptação:   Equipe CPT Cursos Presenciais

Autor(a): Equipe CPT Cursos Presenciais

Data: 12/04/2013


Quero receber promoções
  • imprimir
  • contato
  • twitter
  • facebook
  • orkut

Artigos relacionados!
Gostaria de receber informações sobre nossos cursos? Preencha os campos abaixo:





Confirmação

O CPT Cursos Presenciais garante a você total segurança e confidencialidade em seus dados pessoais.
Preencha os campos abaixo para receber informações completas de promoções e descontos.





Confirmação

O CPT Cursos Presenciais garante a você total segurança e confidencialidade em seus dados pessoais.
  • twitter
  • facebook
  • google+
  • You Tube
  • Linkedin
  • Bradesco
  • Master Card
  • Visa
  • Itaú
  • Site seguro