Artigos e Informativos






O CPT Cursos Presenciais garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Doenças relacionadas ao sistema reprodutor bovino

O índice de natalidade dos rebanhos bovinos é diretamente influenciado pela sazonalidade da oferta de pastagens, seleção de matrizes e reprodutores com boa capacidade reprodutiva e pelo estado sanitário dos animais.

            Independentemente das doenças infecciosas de origem bacteriana, viral ou parasitária, que acomete machos e fêmeas, podem impedir a fecundação, causar abortos ou nascimentos de bezerros de qualidade inferior.

            O processo reprodutivo dos bovinos é envolvido por diferentes fases, dentre elas temos: preparação da estação de monta, com a seleção de reprodutores e matrizes; formação de lotes; determinação da proporção touro/vaca a ser utilizado; estação de monta, com o manejo dos animais durante o período reprodutivo determinando o período de reprodução; e estação de parição e processo de desmama.

            As doenças do sistema reprodutivo bovino são todas as enfermidades infectocontagiosas que acometem o aparelho reprodutivo, tanto dos machos quanto das fêmeas. O impacto econômico das doenças, principalmente nos rebanhos em que se utiliza a monta natural é grande, uma vez que, a maioria das doenças são sexualmente transmissíveis.

            Muitas doenças que acometem o rebanho podem ser prevenidas por meio da vacinação, associadas com as medidas de manejo que visam à eficiência do produto. Dentre as doenças infecciosas que acometem o rebanho bovino estão: rinotraqueite infecciosa bovina (IBR); diarreia viral bovina (DVB); brucelose; e leptospirose.

            Todas as doenças descritas trazem grandes perdas ao rebanho bovino, e por isso é importante que o produtor tome medidas de manejo sanitário e reprodução bovina como o manejo do rebanho; manejo nutricional; manejo sanitário.

            O manejo do rebanho consiste em técnicas de manejo naturais e localmente adaptadas, com instalações que ofereçam conforto e bem-estar ao animal, com acesso a água e alimentos de qualidade. O manejo nutricional consiste em uma alimentação balanceada, com pastagens, forrageiras volumosas como cana-de-açúcar, capim elefante, silagens, leguminosas, feno e outras. O manejo sanitário se relaciona ao tratamento veterinário, tem como objetivo não só a prevenção de doenças, mas também a habilidade para resistir às doenças. Dessa forma, é muito importante que todas as medidas sejam tomadas, a fim de, evitar o surgimento de doença e possíveis contaminações entre o rebanho.

 

Aprenda tudo sobre inseminação artificial em bovinos.

Materiais para reprodução em bovinos.

Como fazer palpação retal em bovinos de forma segura e eficiente?

Fonte: Universidade Castelo Branco. Especialização Latu Sensu. Produção e Reprodução em bovinos

Adaptação:   Equipe CPT Cursos Presenciais

Autor(a): Daniele - Equipe CPT Cursos Presenciais

Data: 24/11/2014


Quero receber promoções
  • imprimir
  • contato
  • twitter
  • facebook
  • orkut

Artigos relacionados!
Gostaria de receber informações sobre nossos cursos? Preencha os campos abaixo:





Confirmação

O CPT Cursos Presenciais garante a você total segurança e confidencialidade em seus dados pessoais.
Preencha os campos abaixo para receber informações completas de promoções e descontos.





Confirmação

O CPT Cursos Presenciais garante a você total segurança e confidencialidade em seus dados pessoais.
  • twitter
  • facebook
  • google+
  • You Tube
  • Linkedin
  • Bradesco
  • Master Card
  • Visa
  • Itaú
  • Site seguro