Artigos e Informativos






O CPT Cursos Presenciais garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Resumo da Técnica de Transferência de Embriões em Bovinos

Se você criasse animais que se destacaram em um programa de melhoramento genético, e passaram a ser considerados de elite, gostaria, é claro, de gerar o maior número de descendentes possíveis. Dessa forma, poderia obter maior ganho financeiro sobre o investimento que fez até chegar a esses animais de elite, ao mesmo tempo em que estaria disseminando genética de melhor qualidade para outros rebanhos.

A transferência de embriões é uma forma de multiplicação e distribuição dessa genética, aumentando a capacidade de geração de descendentes em uma fêmea de genética superior comprovada. Uma fêmea de alto padrão chamada doadora é estimulada a produzir vários embriões de uma só vez, os quais são coletados e transferidos para outras vacas, de menor valor genético, chamadas receptoras, que fazem a gestação e criam os bezerros até o desmame. Dessa forma, uma vaca que conseguiria, ao longo de um ano, deixar no máximo um bezerro de alto valor poderá passar por cinco coletas de embriões, com a possibilidade de obtenção em média, de 30 crias.

Funciona, resumidamente da seguinte maneira:

1. Começa a estimulação dos ovários da vaca doadora, com aplicação de hormônios, para que produzam vários óvulos férteis de uma só vez.
2. A vaca é inseminada ou passa por monta natural, utilizando sêmen ou touro de alto mérito genético, para que a fecundação produza embriões de alto potencial;
3. Os embriões são coletados, utilizando-se uma técnica de lavagem uterina, em condições de assepsia, com todos os cuidados para a conservação de sua viabilidade;
4. Os embriões são avaliados, e todos aqueles considerados viáveis são preparados para utilização;
5. Os embriões viáveis são transferidos para vacas receptoras, geralmente fêmeas de menor valor, que podem ser de qualquer raça, desde que apresentem boa habilidade materna, capazes de parir bezerros saudáveis, e criá-los até o desmame com todo o cuidado, afinal o produto da transferência é um animal de alto valor.

Em geral, uma doadora pode produzir até oito embriões de uma só vez, cinco dos quais, em média, viáveis. Considerando uma eficiência média da técnica de 60%, desses cinco embriões, três resultarão em prenhez, após a transferência.

Fonte: MENDES JÚNIOR, José Olavo

Adaptação:   Equipe CPT Cursos Presenciais

Autor(a): Equipe CPT Cursos Presenciais

Data: 24/11/2010


Quero receber promoções
  • imprimir
  • contato
  • twitter
  • facebook
  • orkut

Artigos relacionados!
Gostaria de receber informações sobre nossos cursos? Preencha os campos abaixo:





Confirmação

O CPT Cursos Presenciais garante a você total segurança e confidencialidade em seus dados pessoais.
Preencha os campos abaixo para receber informações completas de promoções e descontos.





Confirmação

O CPT Cursos Presenciais garante a você total segurança e confidencialidade em seus dados pessoais.
  • twitter
  • facebook
  • google+
  • You Tube
  • Linkedin
  • Bradesco
  • Master Card
  • Visa
  • Itaú
  • Site seguro