Artigos e Informativos






O CPT Cursos Presenciais garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
A avaliação fenotípica do Gir leiteiro para compra e seleção

 

Na última década a raça Gir Leiteiro apresentou aumento expressivo do número de criadores e de animais registrados. Em 2011, ela foi responsável por 46,07% do total de sêmen comercializado dentre as raças leiteiras nacionais (ASBIA, 2011). Parte deste sucesso deve-se aos resultados das provas de avaliação genética, que identificam reprodutores e matrizes com potencial para transmissão de leite.

Atualmente, o Gir Leiteiro passa por um período de acelerado desenvolvimento. A pecuária leiteira de países tropicais necessita de opções que permitam uma exploração mais eficiente dentro de suas realidades econômica e ambiental.

O Gir Leiteiro preenche, plenamente, esta lacuna. O interesse por animais ou sêmen da raça vem em crescente expansão, não só no Brasil, como em todo o mundo tropical. Uma prova disto foi à marca de 805.152 doses de sêmen vendidas no ano de 2008. Por outro lado, o Gir Leiteiro mostra-se como a raça preferencialmente utilizada em cruzamento com gado leiteiro europeu, contribuindo com leite, rusticidade, vigor e docilidade, características fundamentais para a produção econômica de leite.

Em 2011, a raça Gir foi responsável por 46,07% do total de sêmen comercializado dentre as raças leiteiras nacionais (ASBIA, 2011). Parte deste sucesso deve-se aos resultados das provas de avaliação genética, que identificam reprodutores e matrizes com potencial para transmissão de leite.

Um aspecto interessante da raça é a possibilidade da utilização de produtos machos para recria e engorda, possibilitando um ganho adicional para o produtor de leite. Na II Prova de Ganho de Peso realizada pela EPAMIG (Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais), parceria FINEP/EPAMIG/EMBRAPA/ABCGIL, oficializada pela ABCZ, machos Gir Leiteiro atingiram um ganho médio de 1,03 kg/dia, o que confirma a viabilidade econômica da recria.

O aluno que participa de um curso de avaliação fenotípica da raça Gir leiteiro aprende sobre a origem da raça Gir e as principais linhagens criadas e selecionadas para a produção de leite no Brasil. Aprende a reconhecer um animal registrado pela Associação Brasileira dos Criadores de Zebu – ABCZ, bem como as características ideais no padrão racial considerando a aptidão leiteira. Conhecer estes conceitos é importante para aplicação prática no momento da compra ou seleção dos animais, associando-os aos aspectos de produtividade desejados na fazenda. 

 

Fonte: CPT Cursos Presenciais

Adaptação:   Equipe CPT Cursos Presenciais

Autor(a): Silvana - Equipe CPT Cursos Presenciais

Data: 21/01/2013


Quero receber promoções
  • imprimir
  • contato
  • twitter
  • facebook
  • orkut

Artigos relacionados!
Gostaria de receber informações sobre nossos cursos? Preencha os campos abaixo:





Confirmação

O CPT Cursos Presenciais garante a você total segurança e confidencialidade em seus dados pessoais.
Preencha os campos abaixo para receber informações completas de promoções e descontos.





Confirmação

O CPT Cursos Presenciais garante a você total segurança e confidencialidade em seus dados pessoais.
  • twitter
  • facebook
  • google+
  • You Tube
  • Linkedin
  • Bradesco
  • Master Card
  • Visa
  • Itaú
  • Site seguro