Artigos e Informativos






O CPT Cursos Presenciais garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Os pets sofrem com a explosão de fogos de artifícios

 

A audição dos pets, principalmente dos cães, é muito mais aguçada que a dos humanos. Por isso os pets sofrem com a explosão de fogos de artifícios que são intensas no final de ano.

Segundo a médica veterinária do Hospital Veterinário Batel, Karine Lodi, diversas reações nos pets são provocadas pelo barulho dos fogos como: falta de ar, taquicardia, náuseas, perda de controle e sensação de atordoamento. “Animais com doenças crônicas podem ter reações mais intensas como paradas cardiorrespiratórias e convulsões”, alerta a veterinária.

É importante manter o animal calmo e em segurança para evitar que ele sofra com as festividades. “É fundamental que o animal fique em um local confortável, sem muito barulho e, de preferência, com iluminação suave. Assim ele se sentirá mais seguro”, esclarece Karine.

Nesse período de festa é também comum que muitos animais fujam assustados pelo barulho.  A médica veterinária orienta que “para evitar que o pet tente fugir, o local deve ser fechado e seguro para que ele não se machuque. Também são comuns casos de enforcamentos, pois o animal tenta a todo custo sair daquela situação, por isso não é aconselhável mantê-lo preso a uma corrente. O ideal é deixar que ele procure dentro de casa um local que se sinta mais a vontade”.

De acordo com a médica, o ideal é tentar abafar o barulho e não deixar o animal sozinho. “O ambiente bem isolado vai funcionar como uma toca. Nesses casos, também é comum que o pet tente procurar o dono quando está sozinho e, se ele tiver acesso à rua, pode causar algum acidente mais grave”, diz.

A veterinária recomenda que o animal não tenha contato com pessoas desconhecidas, pois ele pode ter alguma reação agressiva. “É um instinto, pois ele já está se sentido acuado por todo o barulho, se alguém desconhecido chega muito perto, o pet pode achar que está sendo ameaçado e atacar. Da mesma forma, não é aconselhável deixar muitos animais juntos, porque eles podem brigar entre eles”.

                                                    

 

Fonte: Cães e Gatos

Adaptação:   Equipe CPT Cursos Presenciais

Autor(a): Silvana - Equipe CPT Cursos Presenciais

Data: 10/12/2012


Quero receber promoções
  • imprimir
  • contato
  • twitter
  • facebook
  • orkut

Artigos relacionados!
Gostaria de receber informações sobre nossos cursos? Preencha os campos abaixo:





Confirmação

O CPT Cursos Presenciais garante a você total segurança e confidencialidade em seus dados pessoais.
Preencha os campos abaixo para receber informações completas de promoções e descontos.





Confirmação

O CPT Cursos Presenciais garante a você total segurança e confidencialidade em seus dados pessoais.
  • twitter
  • facebook
  • google+
  • You Tube
  • Linkedin
  • Bradesco
  • Master Card
  • Visa
  • Itaú
  • Site seguro