Artigos e Informativos






O CPT Cursos Presenciais garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
O controle de pulgas: a prevenção é a maior aliada

 

No período de verão as pulgas se desenvolvem de forma mais rápida no ambiente e na pele dos cachorros. A preocupação com esses parasitas, porém, está longe de ser apenas devido ao incômodo que provocam por meio da coceira e de lesões na pele.

Em alguns casos a infestação do parasita pode causar até mesmo anemia, além das feridas na cútis, principalmente em volta da cauda, e da perda de pelos nos cães. Alguns animais, dependendo da coceira, podem até perder o apetite e, assim, ficar mais propensos também a outras doenças.

As pulgas podem também ser responsáveis pela transmissão do Dipilidium, um verme bastante comum e que compete com os nutrientes ingeridos pelo cão. Para combater os transtornos, existem produtos tão modernos e eficientes que podem até mesmo ser utilizados em filhotes. Alguns são sprays, utilizados em toda a pelagem, e outros são aplicados pelo método denominado top-spot, que consiste em pingar uma pequena quantidade do produto na região da nuca.

A pele absorve o remédio e o espalha para as demais regiões do corpo com ajuda da gordura que fica abaixo da cútis. Em geral, essas substâncias são seguras e duram cerca de três semanas. Depois, siga a risca a manutenção do tratamento. Seja em spray ou top-spot, é importante não banhar ou escovar o animal dois dias antes e dois dias após a aplicação. Isso fará com que o produto dure o período desejado. No mais, em casos de grande infestação, deve-se tratar, além do bichinho, também o ambiente.  Muitos donos de pets tratam o seu melhor amigo e esquecem que é no ambiente que se instalam os ovos de pulgas e suas próximas gerações. Para tratar o local, deve-se escolher uma empresa que realize uma dedetização especial contra pulgas e avisá-la sobre a utilização de um produto que não seja tóxico aos animais.

É indispensável também lembrar que o tratamento para evitar as pulgas deve ser constante, pois, em um simples passeio, elas podem infestar novamente o bichinho. Nesse caso, a prevenção é a maior aliada do controle.

 

Fonte: Cães e Gatos

Adaptação:   Equipe CPT Cursos Presenciais

Autor(a): Silvana - Equipe CPT Cursos Presenciais

Data: 01/02/2013


Quero receber promoções
  • imprimir
  • contato
  • twitter
  • facebook
  • orkut

Artigos relacionados!
Gostaria de receber informações sobre nossos cursos? Preencha os campos abaixo:





Confirmação

O CPT Cursos Presenciais garante a você total segurança e confidencialidade em seus dados pessoais.
Preencha os campos abaixo para receber informações completas de promoções e descontos.





Confirmação

O CPT Cursos Presenciais garante a você total segurança e confidencialidade em seus dados pessoais.
  • twitter
  • facebook
  • google+
  • You Tube
  • Linkedin
  • Bradesco
  • Master Card
  • Visa
  • Itaú
  • Site seguro