Preencha os campos abaixo para receber informações completas de promoções e descontos.





Confirmação

O CPT Cursos Presenciais garante a você total segurança e confidencialidade em seus dados pessoais.
Quer facilidade?
Ligamos para você.

Apresentação

Com o treinamento teórico-prático, o aluno terá uma inicialização sobre as técnicas de isolamento, propagação e purificação dos bacteriófagos, estando apto a desenvolver seus conhecimentos em uma ciência de grande aplicação.

Os bacteriófagos são vírus específicos de bactérias, sendo parasitas intracelulares obrigatórios por falta de metabolismo próprio. Estes microrganismos são capazes de infectar apenas espécies específicas de bactérias, ou até mesmo subespécies dentro de uma mesma espécie.

Devido a sua habilidade de infectar e destruir células bacterianas, o interesse por estes microrganismos surgiu em diversos setores da agricultura, pecuária, indústria farmacêutica e indústria de alimentos. Além disso, diversos países estão proibindo a utilização de antimicrobianos nos sistemas de criação de animais e estimulando a redução de sua prescrição para humanos, estimulando o desenvolvimento de novas metodologias de controle biológico de patógenos.

Os bacteriófagos podem ser utilizados no tratamento de doenças bacterianas de plantas, no controle de infecções bacterianas em animais de produção e em humanos, no tratamento de acne e espinhas, para aumentar a segurança microbiológica de alimentos e de várias outras formas. Diversas características favorecem a utilização dos bacteriófagos como terapias (fagoterapia) alternativas ou complementares à utilização de antimicrobianos.

Os bacteriófagos possuem a capacidade de evoluir e contornar os mecanismos de resistência da bactéria hospedeira, podendo assim infectá-la e destruí-la, sem criar resistência cruzada aos antimicrobianos. Como sua propagação depende da presença da bactéria hospedeira, os bacteriófagos são auto limitantes, permanecendo estáveis na ausência do micro-organismo e se replicam na presença dele. Também possuem natureza discriminatória, ou seja, a maioria dos bacteriófagos interagem apenas com num conjunto de bactérias que expressam determinados sítios de ligação, e bactérias sem esses receptores não são afetadas.

O consumo ou aplicação de bacteriófagos podem ativar o sistema imune caso não esteja purificado e livre de toxinas, apesar disso, nenhum estudo relatou complicações imunológicas ou efeitos colaterais com o consumo ou aplicação de elevadas concentrações de bacteriófagos, tanto em humanos quanto em animais até a presente data.

Objetivo

O curso tem por objetivo apresentar os princípios gerais das técnicas utilizadas para isolar e preparar os bacteriófagos para uso em diversas áreas.

Incluso no curso
  • - Hospedagem ( hotel )
  • - Alimentação ( café da manhã, almoço e lanche )
  • - Translado Interno
  • - CD interativo
  • - Certificado
Perguntas Frequentes

Escolha uma das perguntas abaixo e esclareça suas dúvidas:


Atendimento on-line
Curta Você Também
  • twitter
  • facebook
  • google+
  • You Tube
  • Linkedin
  • Bradesco
  • Master Card
  • Visa
  • Itaú
  • Site seguro