Notícias e Informativos






O CPT Cursos Presenciais garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Exportações do agronegócio para Ásia e Oriente Médio crescem em setembro

O resultado da balança comercial do agronegócio de setembro apontou crescimento das exportações para essas regiões em 13,4% e 8,9%, respectivamente, em relação ao mesmo período de 2008. As vendas para os asiáticos, líderes das exportações brasileiras, totalizaram US$ 1,78 bilhão e, para o Oriente Médio, US$ 633,4 milhões. Os países que tiveram destaque nos destinos das exportações brasileiras foram Índia (354%), Emirados Árabes Unidos (131,5%), Indonésia (121,6%), Coreia do Sul (17,7%) e Hong Kong (12,1%). Superávit - O superávit da balança comercial foi US$ 4,868 bilhões ou R$ 8,8 bilhões. As exportações de produtos agropecuários totalizaram US$ 5,745 bilhões, o que representou uma redução de 15,6% em relação ao mesmo período do ano anterior. Em reais, os embarques somaram RS$ 10,4 bilhões ao mesmo tempo que apresentaram queda de 14,7%. As importações foram de US$ 876,5 milhões, ou 16% de redução. Em moeda nacional, isso representa R$ 1,5 bilhão e decréscimo de 15,1%. Taxas positivas - Os setores de produção que apresentaram taxas positivas de crescimento foram: complexo sucroalcooleiro (28,6%), chá, mate e especiarias (11%), produtos apícolas (4,3%), cereais, farinhas e preparações (4%) e fumo e seus produtos (2%). Os setores com redução de valores exportados foram: complexo soja (-16,5%), carnes (-31,4%), produtos florestais (-18,4%) e café (-19,6%). Açúcar e álcool - Foram positivos os embarques do complexo sucroalcooleiro, que aumentaram de US$ 816 milhões para US$ 1,05 bilhão. Esse incremento foi puxado pelas exportações de açúcar, que subiram 69,9% em setembro, em comparação com o mesmo período de 2008, atingindo a cifra de US$ 900 milhões. Tanto preço quanto quantidade cresceram 24,5% e 36,5%, respectivamente. Já as vendas externas de álcool tiveram redução, em dólares, de 47,5%, totalizando US$ 151 milhões. Essa queda se deve à diminuição da quantidade exportada (-37%) e do preço praticado (-16,6%). Importações - As compras de produtos do agronegócio de outros países reduziram 16%, em setembro de 2009, ante o mesmo mês de 2008, caindo de US$ 1,042 bilhão para US$ 876,5 milhões. O valor das importações trigo representou cerca de 10% desse total. As compras desse cereal baixaram de US$ 123 milhões, no nono mês de 2008, para US$ 90 milhões em setembro de 2009, resultado de queda de 3,3% na quantidade importada e redução de 24,2% no preço médio. 12 meses - As exportações brasileiras do agronegócio totalizaram US$ 65,89 bilhões, nos últimos doze meses, correspondentes ao período de outubro de 2008 a setembro de 2009, ou 7,1% abaixo do valor exportado nos mesmos meses dos anos de 2007 e 2008. As importações foram 13,5% inferiores aos doze meses anteriores com aquisições de US$ 9,87 bilhões. Como resultado, o superávit comercial acumulado nos últimos 12 meses atingiu US$ 56,01 bilhões.

Fonte: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Data: 14/10/2009

  • imprimir
  • contato
  • twitter
  • facebook
  • orkut
Notícias relacionadas! Veja mais notícias »
  • twitter
  • facebook
  • google+
  • You Tube
  • Linkedin
  • Bradesco
  • Master Card
  • Visa
  • Itaú
  • Site seguro