Notícias e Informativos






O CPT Cursos Presenciais garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Técnicas de irrigação

A irrigação tem o intuito de fornecer a água necessária para o cultivo, seja por falta de chuvas ou má distribuição. Os três tipos de mais usados são: superficial, localizada e aspersão, e vem sendo usada desde os antigos egípcios, permitindo até três vezes mais de colheita, o que varia de acordo com a cultura cultivada. É importante um profissional para programar, montar e ajustar todo o sistema.

Irrigação por superfície necessita de grande volume de água, por esse motivo é menos utilizada, não se limita pelos regimes do vento, porém gera grandes perdas por percolação e erosão dos sulcos. O Sul do Brasil é onde mais se utiliza está técnica.

Já a técnica localizada é aplicada atualmente, sendo praticada em especial em regiões áridas, podendo atuar em conjunto com fertilizantes e não é afetada pelos ventos, nem por declividade do solo, não proporciona perdas por evaporação da água. É feita por um conjunto de motobomba, filtros químicos, filtros de areia, entre outras peças e acessórios.

A aspersão é tipo de simulação da chuva realizada por meio de um aspersor, direcionando a água para o ar transformando em cotículas que caem sobre o solo, é influenciada pelos ventos, os solos muito inclinados não são recomendados este tipo de irrigação. É constituída por motobamba, tubulações, além de acessórios especiais, aspersores, entre outros.

           

Essas técnicas de irrigação são aplicadas de acordo com a necessidade do local. Saiba mais.

Fonte: Irrigação e meio ambiente

Data: 28/09/2016

  • imprimir
  • contato
  • twitter
  • facebook
  • orkut
Notícias relacionadas! Veja mais notícias »
  • twitter
  • facebook
  • google+
  • You Tube
  • Linkedin
  • Bradesco
  • Master Card
  • Visa
  • Itaú
  • Site seguro