Notícias e Informativos






O CPT Cursos Presenciais garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Alimentação do gado durante o inverno

As temperaturas frias e secas em várias regiões do Brasil tem sido prejudiciais para o setor agropecuário, sobretudo no que diz respeito à alimentação de gados. É que nestas épocas a pastagem carece dos nutrientes necessários, perdendo qualidade e quantidade suficientes para suprir as demandas dos rebanhos. Sendo assim, o produtor que não se preveniu, pode ser surpreendido neste período, que vai de junho até setembro.

E foi exatamente pensando nisso que a Sistema de Inteligência Setorial do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SIS/Sebrae), com sede em Santa Catarina, propôs algumas soluções para o setor, como forma de oferecer alternativas para que não haja tantas perdas, sobretudo na produção de leite.

O documento, intitulado “Pastagens de inverno: impactos na produção de leite”, possui uma serie de recomendações sobre alimentação alternativa e suplementar, tendo em vista que o uso da pastagem comum, neste período do ano, devido às perdas nutricionais, não é suficiente para suprir a produção leiteira.

Forragens conservadas, como silagem ou feno, ou forragens verdes picadas da cana-de-açúcar, são algumas das opções. É importante que o produtor busque ainda informações sobre planejamento forrageiro, investimento que vale para que não ocorram perdas consideráveis a ponto de inviabilizar o negócio, como o emagrecimento do animal, baixa reprodução, dentre outras. Tal questão deve ser pensada antes do próximo outono.

 

O manejo nutricional deve ser aplicado com eficiência nessas épocas, principalmente para o gado leiteiro. Saiba mais.

Fonte: Rural Pecuária

Data: 03/08/2016

  • imprimir
  • contato
  • twitter
  • facebook
  • orkut
Notícias relacionadas! Veja mais notícias »
  • twitter
  • facebook
  • google+
  • You Tube
  • Linkedin
  • Bradesco
  • Master Card
  • Visa
  • Itaú
  • Site seguro