Notícias e Informativos






O CPT Cursos Presenciais garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Nova etapa da vacina contra febre aftosa será em novembro

Há mais de 20 anos sem registrar casos de febre aftosa, pecuaristas de São Paulo comemoram bons resultados sanitários, sobretudo por conta das vacinações em dia. A última vez que a doença atacou foi em 1996, causando muitos transtornos econômicos para as criações e inviabilização das fronteiras comerciais.  Nesta época, São Paulo perdeu cerca de US$ 1 bilhão em exportações.

Desde então, o governo e mídia especializada tem realizado campanhas e relembrado a história, para que o produtor não se esqueça do impacto que a doença foi capaz de causar.

No início de junho deste ano, assim como em outras regiões do Brasil, produtores de São Paulo se mobilizaram na etapa inicial da campanha de vacinação, imunizando milhares de cabeças de gado de até dois anos.

Entretanto, o produtor precisa ficar atento para a nova fase da campanha de vacinação, que é obrigatória, e está marcada para novembro e deverá incluir animais de todas as idades e raças. O Ministério da Agricultura pretende vacinar cerca de 170 milhões.

De acordo com especialistas, embora o quadro do Brasil esteja controlado, em relação à doença, existem riscos de novos surtos, sobretudo por conta da entrada de animais vivos e contaminados no país.

Por isso também tem sido feito um controle intenso do governo junto aos países exportadores, sobretudo vizinhos.

 

As campanhas colaboram para redução das perdas de animais e deixam os produtores atentos aos cuidados a serem tomados. Saiba mais.

Fonte: Revista Exame

Data: 12/07/2016

  • imprimir
  • contato
  • twitter
  • facebook
  • orkut
Notícias relacionadas! Veja mais notícias »
  • twitter
  • facebook
  • google+
  • You Tube
  • Linkedin
  • Bradesco
  • Master Card
  • Visa
  • Itaú
  • Site seguro