Notícias e Informativos






O CPT Cursos Presenciais garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Diferentes técnicas de conservação do sêmen equino

O sêmen equino utilizado na Inseminação Artificial (IA) pode ser conservado de diferentes formas. A forma de conservação vai depender do tempo decorrido entre a colheita e o seu uso.

O sêmen fresco consiste daquele que depois de colhido é acrescido de um diluente próprio e que permanece viável por até duas horas. O sêmen refrigerado é aquele que depois de colhido é acrescido de diluente que contem açúcar, lipídeo e antibiótico. Este diluente ajuda a manter a viabilidade do sêmen quando mantido a uma temperatura de 5ºC por até 48 horas.

Para obtenção do sêmen congelado, o sêmen assim que colhido vai ser acrescido de um diluente próprio para a técnica de congelamento que funciona como protetor da integridade da membrana dos espermatozóides durante os processos de congelamento e descongelamento. O sêmen depois de congelado pode ser armazenado durante anos em nitrogênio líquido (-196ºC).

 Os Médicos Veterinários que desejam trabalham ou se especializar na área de IA em equinos deve ter os conhecimentos básicos de todas estas técnicas para saber o momento exato de usar cada uma delas.

 

Saiba mais sobre a criopreservação do sêmen equino usado na inseminação artificial. Clique aqui.

Fonte: Revista Científica

Data: 07/07/2016

  • imprimir
  • contato
  • twitter
  • facebook
  • orkut
Notícias relacionadas! Veja mais notícias »
  • twitter
  • facebook
  • google+
  • You Tube
  • Linkedin
  • Bradesco
  • Master Card
  • Visa
  • Itaú
  • Site seguro