Notícias e Informativos






O CPT Cursos Presenciais garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Sexagem Fetal Embriões Equinos

No Brasil, o agronegócio de equídeos gera muitos empregos diretos e indiretos, movimentando mais de 7,5 bilhões de reais por ano. A tropa de equídeos cresce a cada ano, e com isso, o uso de biotécnicas da reprodução vem sendo cada vez mais explorada no intuito de aumentar a produção e facilitar o manejo da tropa.

Dentre as biotécnicas utilizadas, destaca-se a sexagem fetal, que pode ser utilizada em qualquer fase da gestação. Esta biotécnica ainda é pouco explorada na rotina dos haras mesmo sendo de fácil execução.

A sexagem fetal no início da gestação ocorre pela detecção do tubérculo genital que é o processo embrionário que originará o clitóris na fêmea e pênis no macho. O tubérculo genital apresenta-se como uma estrutura hiperecoica, bilobada e de formato oval alongado que pode ser encontrada nos machos próximos ao cordão umbilical enquanto que nas fêmeas é encontrado na base da cauda.   

No terço médio da gestação a sexagem é por meio da identificação das gônadas e genitália externa, e no terço final da gestação, a sexagm feita pelo DNA fetal circulante. Para mais informações sobre a sexagem equina, cursos especializados na área devem ser procurados.

 

Vejas técnicas de reprodução equina e se especialize mais. Clique aqui.

Fonte: Cbra

Data: 29/06/2016

  • imprimir
  • contato
  • twitter
  • facebook
  • orkut
Notícias relacionadas! Veja mais notícias »
  • twitter
  • facebook
  • google+
  • You Tube
  • Linkedin
  • Bradesco
  • Master Card
  • Visa
  • Itaú
  • Site seguro