Notícias e Informativos






O CPT Cursos Presenciais garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Chocolate próprio para cães poderá fazer a festa do seu bichinho na Páscoa

Os brasileiros é a segunda maior população consumidora de chocolate do mundo atrativo delicioso que pode ser prejudicial quando oferecidas ao cão. Alguns dos alimentos que os humanos consomem não fazem tão bem para os cães, podendo ser tóxicos. Então, uma alimentação com ração ou outro alimento, indicado por profissionais habilitados é a mais adequada.

A substância teobromina encontrada nos chocolates e seus derivados podem afetar o sistema nervoso e o músculo do coração dos cães, levando-os a complicações sérias de saúde ou à morte. Quando os animais ingerem o chocolate levando há algum mal, os sintomas observados são: polidipsia; êmese; diarréia; ataxia; tremores; convulsões; taquicardia; arritmia como, complexos ventriculares prematuros; taquipneia; cianose; febre e coma.

A intoxicação por chocolate deve ter intervenção médica veterinária, a teobromina pode permanecer no organismo do cão por até uma semana. O tratamento terá como objetivo a estabilização das funções vitais do organismo e de acordo com o quadro apresentado, pois não existe antídoto para essa intoxicação.

Porém, o seu cão não precisa ficar de fora das comemorações com chocolate. Existem chocolates feitos com extrato protéico vegetal entre outros ingredientes, livres de teobromina. Assim, curta a Páscoa com seu cão, sem prejudicar à sua saúde.

Fonte: Portal da Cinofilia

Data: 01/03/2013

  • imprimir
  • contato
  • twitter
  • facebook
  • orkut
Notícias relacionadas! Veja mais notícias »
  • twitter
  • facebook
  • google+
  • You Tube
  • Linkedin
  • Bradesco
  • Master Card
  • Visa
  • Itaú
  • Site seguro