Notícias e Informativos






O CPT Cursos Presenciais garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Alimentos que fazem mal aos pets

Alguns alimentos destinados ao consumo humano e que são oferecidos aos pets, podem ocasionar alguns problemas.

Dentre os alimentos que os animais jamais devem comer temos as bebidas alcóolicas, o abacate, o café, as cascas de batata, a cebola, o chocolate, as comidas estragadas ou mofadas, as comidas gordurosas, a noz macadâmia, a uva e a uva passa.

As bebidas alcoólicas podem induzir uma intoxicação séria e às vezes fatal. Os sinais e efeitos colaterais da sua ingestão são a descoordenação, excitação, depressão, urina excessiva, respiração lenta, ataque cardíaco e morte.

Já o abacate, tanto as folhas, a semente e a fruta contém uma substância tóxica chamada persina e pode ocasionar um desconserto gastrointestinal.

O café contém componentes que podem causar danos ao sistema nervoso e urinário, além de ser um estimulante cardíaco.

As cascas de batata contêm uma substância chamada solanina e outros alcalóides que, se ingeridos em grande quantidade, podem gerar salivação excessiva, desarranjo do trato gastrointestinal, perda de apetite, depressão do sistema nervoso central, entre outros. Já a cebola contém tiossulfato, e os animais sensíveis podem desenvolver anemia.

O chocolate contém teobromina, composto diurético e estimulante do coração. Os animais quando ingerem esse alimento apresentam excitação inicial, bebem e urinam excessivamente, além de fazer vômito e diarreia. O consumo de chocolate pode causar ritmo cardíaco acelerado, podendo levar a convulsões ou mesmo morte.

As comidas estragadas ou mofadas podem conter vários tipos de toxinas, uma delas é a aflatoxina que pode causar vômito, diarreia, tremores musculares, descoordenação, febre, salivação excessiva e danos ao fígado.

Já as comidas gordurosas causam o desarranjo gastrointestinal e pode ocasionar uma pancreatite.

A macadâmia também contém uma toxina, porém desconhecida, que pode afetar os músculos, o sistema digestivo e nervoso dos cães, podendo ocorrer até a paralisia.

E por fim as uvas e as uvas passas, que podem ocasionar insuficiência renal aguda, por uma toxina ainda não identificada.

 

Aprenda a realizar os principais exames relacionados as patologias clínicas veterinárias de pequenos animais.

Aprimore seus conhecimentos em diagnósticos de pequenos aniamais.

Veja na prática os principais exames e interpretação na área de patologia clinica de pequenos animais.

 

Fonte: Ideal Dicas

Data: 02/12/2013

  • imprimir
  • contato
  • twitter
  • facebook
  • orkut
Notícias relacionadas! Veja mais notícias »
  • twitter
  • facebook
  • google+
  • You Tube
  • Linkedin
  • Bradesco
  • Master Card
  • Visa
  • Itaú
  • Site seguro