Notícias e Informativos






O CPT Cursos Presenciais garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Cinomose canina

A cinomose canina é uma moléstia que acomete os animais, é causada por um vírus de alta resistência a ambientes secos e frios. Além disso, a doença é altamente contagiosa, uma vez que, os animais sadios em contato direto com os animais doentes adquirem a doença por meio das vias respiratórias e através do ar contaminado. A doença também é transmitida por secreções oculares, nasais, orais e ainda pelas vezes.

 

Um agravamento da cinomose é que ela pode ser assintomática, ou seja, não apresentar sintomas característicos. O vírus pode ficar incubado de três a seis dias, ou até por quinze dias, tempo que o vírus leva para reagir dentro do organismo do animal.

 

Passado o período de incubação o animal apresenta sintomas como febre, perda de apetite, apatia, vômito, diarreia e corrimento ocular e nasal. Porém, os sintomas podem não permanecer, o que leva o dono a pensar que o animal está curado.

 

Depois de alguns meses os sinais específicos da doença aparecem, dependendo do sistema imunológico do animal, ele apresentará vômito, diarreia, corrimento ocular e nasal, alterações no sistema nervoso que acarretam falta de coordenação motora, tiques nervosos, convulsões e paralisias.

 

A cinomose quando não tratada e desenvolvida no segundo estágio apresentam sintomas como a febre, a falta de apetite, os vômitos, a diarreia, a dispneia, a conjuntivite com muita secreção, secreção nasal e também pneumonia. Depois de duas semanas o animal apresenta os sintomas neurológicos, ele fica agressivo, não reconhecendo o dono, devido à inflamação do cérebro que também pode atingir outros membros do corpo.

 

Não existe tratamento para a cinomose, os animais diagnosticados com a doença são medicados e posteriormente tratados os sintomas. Assim, a melhor forma de se evitar o contágio da doença é a vacinação dos animais, além de se realizar todos os cuidados sanitários e com a alimentação dos animais

 

Quais as principais doenças que acometem os cães?

 

Como proceder em situação emergencial?

 

Quais os procedimentos básicos envolvidos na estabilização de pacientes?

 

 

Fonte: Tudo Sobre Cachorros

Data: 29/01/2014

  • imprimir
  • contato
  • twitter
  • facebook
  • orkut
Notícias relacionadas! Veja mais notícias »
  • twitter
  • facebook
  • google+
  • You Tube
  • Linkedin
  • Bradesco
  • Master Card
  • Visa
  • Itaú
  • Site seguro