Notícias e Informativos






O CPT Cursos Presenciais garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Medicina diagnóstica na veterinária e sua importância

O desenvolvimento da medicina veterinária está ligado ao desenvolvimento da medicina humana e também ao processo de domesticação dos animais.

A medicina animal foi encontrada já nas civilizações antigas, como os Hindus, Babilônios, Hebreus, Árabes, Romanos e Gregos. Na antiga Grécia surge Hipócrates chamado de o "Pai da Medicina" ou o "Pai das Profissões da Saúde", foi o primeiro a usar a palavra diagnóstico que significa discernir pelo conhecimento.

Nessa época o médico só dispunha de seus sentidos para a realização do exame no paciente. De acordo com Hipócrates o exame clínico começaria pelas coisas mais importantes e mais facilmente reconhecíveis, verificando as semelhanças e as diferenças com o estado de saúde, observando tudo que se pode ver, ouvir, tocar, sentir, tudo que se pode reconhecer pelos nossos meios de conhecimento.

Com a modernização e a descoberta de novos aparelhos como o estetoscópio,o início do uso da termometria e medição da pressão arterial e o aperfeiçoamento do microscópio, com o surgimento microbiologia, foi possível identificar os agentes causadores de muitas doenças. Com a microscopia houve a revelação da estrutura celular dos seres vivos e a identificação das alterações patológicas dos tecidos produzidos pelas doenças. Noséculo XX a medicina pode contar com o diagnóstico por imagens, endoscopia, métodos gráficos, exames de laboratório e provas funcionais.

Com todo esse desenvolvimento o trabalho da medicina se desenvolveu de forma eficiente, dando aos médicos maior segurança profissional, também pelo surgimento do laboratório clínico, com as tecnologias de hematologia, à bioquímica, imunologia, provas funcionais, entre outros. Com esse crescimento também foi possível abolir praticamente as cirurgias exploratórias e a diminuir consideravelmente as chamadas terapêuticas de prova, possibilitando ainda maior troca de experiências e difusão de conhecimentos, fato que contribuiu e contribui muito para o avanço da medicina e medicina veterinária como um todo.

Porém é importante que todos estejam cientes que o futuro das áreas diagnósticas, em constante crescimento, não deve substituir a boa prática clínica. O médico veterinário deve estar ciente que os exames complementares devem ser solicitados após um cuidadoso exame clínico do paciente e a formulação clara da ou das hipóteses diagnósticas, a tecnologia deve ser usada a seu favor e sempre indicada de maneira consciente, buscando dessa forma o melhor diagnóstica e possível tratamento ao animal.

 

Quais os principais exames e interpretação na área de patologia clinica?

Quais as necessidades de um laboratório clínico veterinário?

Equipamentos para laboratório análises clínicas veterinária. Veja ofertas.

 

 

Fonte: Bionostic

Data: 28/10/2013

  • imprimir
  • contato
  • twitter
  • facebook
  • orkut
Notícias relacionadas! Veja mais notícias »
  • twitter
  • facebook
  • google+
  • You Tube
  • Linkedin
  • Bradesco
  • Master Card
  • Visa
  • Itaú
  • Site seguro