Notícias e Informativos






O CPT Cursos Presenciais garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Substância encontrada no cacau leva os cães à intoxicação por chocolate

 

Em épocas de festividades como Natal, Reveillon, Páscoa e aniversários todos querem comemorar com os que amam. Os cães como membros da família ficam expostos as mais diferente guloseimas porém, essas devem ser evitadas.

A Páscoa é uma daquelas datas preocupantes pois, aparecem chocolate de todos os lados e alguns proprietários não sabem que o chocolate não faz bem ao cachorro, que é perigoso podendo levar ao coma ou até a morte.

A substância teobromina, encontrada no cacau, é absorvida rapidamente e é estimulante poderoso do sistema nervoso central e do coração, provoca aumento no trabalho muscular cardíaco associado a grande estimulação do cérebro, ocasionando arritmias cardíacas graves nos cães.

A concentração da teobromina pode ser de 3 a 10 vezes maior do que na cafeína, por exemplo.  Essa quantidade pode intoxicar gravemente um cão é calculada em torno de 100 a 200 mg/kg. Existem relatos de sintomas de intoxicação, como vômitos e diarréia, com ingestão de apenas 20mg/kg, e também sintomas de efeitos cardiotóxicos com ingestão de 40 a 50 mg/kg de chocolate. O chocolate em pó dissolvido no leite também pode causar danos aos cães, conforme relatos.

Os sintomas iniciais da intoxicação são: aumento da ingestão de água, vômito, diarréia, dilatação abdominal e agitação evoluindo para hiperatividade, aumento do volume urinário, ataxia, tremores e estado de apreensão. Podendo também causar taquicardia, taquipnéia, cianose, hipertensão, aumento da temperatura corpórea podendo evoluir para hipotensão, queda da temperatura corpórea, coma e consequente morte. E também, com a grande quantidade de gordura nos chocolates, o pâncreas pode sofrer danos.

O tratamento objetiva a estabilização das funções vitais do organismo de acordo com a sintomatologia apresentada. Porém, como o chocolate pode ocasionar vários problemas não é recomendável aos cães.

 

Fonte: Saúde Animal

Data: 04/03/2013

  • imprimir
  • contato
  • twitter
  • facebook
  • orkut
Notícias relacionadas! Veja mais notícias »
  • twitter
  • facebook
  • google+
  • You Tube
  • Linkedin
  • Bradesco
  • Master Card
  • Visa
  • Itaú
  • Site seguro