Notícias e Informativos






O CPT Cursos Presenciais garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Exportação para a Ucrânia possibilitou aumento na venda de carne in natura

 

Os dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério do Desenvolvimento (MDIC) que foram analisados pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) apontam que, mesmo com o embargo russo e também argentino à carne brasileira, as exportações da carne in natura aumentaram entre 2011 e 2012. De janeiro a outubro do ano passado, foram exportadas 370,25 mil toneladas e em 2012 já são 442,42 mil toneladas, avanço de 14%.

A venda para importantes compradores de carne suína, como a Ucrânia, foi o que possibilitou esse resultado. A Ucrânia aumentou em 121% as importações da carne brasileira (63,8 mil toneladas a mais) entre 2011 e 2012, acumulados entre janeiro e outubro. Já para a Rússia, entre janeiro e outubro de 2012, o Brasil exportou 9,83 mil toneladas de carne suína in natura a menos que no mesmo período de 2011, o que representa redução de 8,28%.

Em relação à exportação para a Rússia, de acordo com informações do Ministério da Agricultura, cerca de cinco plantas exportadoras têm potencial de serem reabilitadas e voltar a exportar à Rússia. A Argentina em 2011 era o quarto principal destino da carne brasileira, mas com os embargos impostos, o volume exportado nos 10 primeiros meses de 2012 comparados aos de 2011, apresentou redução de 11,06 mil toneladas (39,7%).

Fonte: Pecuária Rural

Data: 26/11/2012

  • imprimir
  • contato
  • twitter
  • facebook
  • orkut
Notícias relacionadas! Veja mais notícias »
  • twitter
  • facebook
  • google+
  • You Tube
  • Linkedin
  • Bradesco
  • Master Card
  • Visa
  • Itaú
  • Site seguro