Conheça o passo a passo do Exame Odontológico em Cavalos

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  • 1
  •  

Veja o passo a passo completo de um Exame Odontológico em Cavalos e garanta o bem estar e rendimento do animal.

Realizar um exame odontológico em cavalos, a princípio, parece ser um procedimento simples, não é mesmo?  Mas você pode criar um problema enorme se não tiver conhecimento do assunto e habilidade para lidar com o animal.

Já pensou nisso? A confusão que surge quando o criador não gosta do atendimento do veterinário e o animal, mesmo após o exame, continua com dores e sem resultados satisfatórios?

Pois é, esta é uma situação que nenhum profissional quer passar na vida, inclusive você, não é mesmo?

Então fuja deste problemão e aprenda o passo a passo completo, para que você não erre na hora do Exame Odontológico.

Obs: este é um passo a passo que necessita de prática e treinamento para que o profissional atenda às exigências do mercado, ok?

PASSO 1:  Anamnese

Obtenha o máximo de informações dos responsáveis pelo animal com relação ao seu:

– Comportamento;

– Nutrição;

– Performance.

ATENÇÃO: Nunca induzir as respostas e sempre considerar “lacunas” nas informações.

PASSO 2:  Inspeção geral

Observe e classifique:

– Escore corporal;

– Postura;

– Comportamento

ATENÇÃO: Importante notar se há aumentos de volume na face (maxilar ou mandíbula).

PASSO 3:  Inspeção dos dentes incisivos

Separando os lábios superiores e inferiores, verifique:

– Número de dentes incisivos;

– Dentes decíduos;

– Dentes permanentes;

– Oclusão;

– Excursão lateral;

– Fraturas;

– Diastemas.

ATENÇÃO: Aproveite as informações para estimativa da idade.

PASSO 4:  Contenção do cavalo

Pode ser necessário:

– Cachimbo;

– Tronco;

– Tranquilização/sedação;

– Anestesia local;

– Anestesia geral.

ATENÇÃO: Existem diferentes fármacos, dosagens e associações para situações diversas.

PASSO 5:  Colocação do abre-boca

Conte com a ajuda de um auxiliar:

– Monte o abre-boca;

– Posicione em frente aos lábios do cavalo;

– Passe a tira por trás das orelhas;

– Enquanto ajusta a tira, force-o entre os incisivos;

– Após o encaixe force a abertura pelas laterais, simultaneamente;

– Regule a amplitude de abertura necessária.

PASSO 6:  Inspeção dos dentes caninos, pré-molares e molares

Realizando limpeza oral com água e utilizando lanterna e espelho, avalie a presença de:

– Dentes caninos;

– Dentes de lobo;

– Dentes decíduos/capas dentárias;

– Ganchos rostrais;

– Ganchos caudais;

– Pontas excessivas de esmalte dentário;

– Ondas;

– Degraus;

– Ausência de dentes;

– Fraturas;

– Diastemas;

– Ferimentos na mucosa ou língua;

– Gengivite;

– Placa ou cálculo (principalmente nos caninos).

PASSO 7: Anotação

Tenha uma ficha de atendimento odontológico e anote todas as informações pertinentes. Ela serve como documento e auxilia no acompanhamento do paciente.

Não confie tanto em sua memória! Lembrar de um pode ser fácil, lembrar de cem será muito difícil!

Agora é só colocar em prática e garantir a sua excelência na prestação de serviços, com cavalos lindos, sem dores, dispostos e com ótimos rendimentos.

Ficou interessado e quer saber mais sobre o assunto? Confira mais informações: Odontologia Equina

  •  
  •  
  •  
  • 1
  •  
  •   
  •   
  •  

Artigos Relacionados