Disparada nas exportações em 2008

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A maior valorização do óleo em relação ao farelo, comprovada pela análise dos preços do grão e seus derivados na Bolsa de Chicago, aparece nas estimativas da Abiove (Associação das Indústrias de Óleos Vegetais) para as exportações do complexo soja neste ano. A entidade prevê preço médio da tonelada de grão exportada de US$ 420, 48,4% mais que em 2007. A cotação média da tonelada do óleo deverá subir 41,4%, para US$ 1.000. A previsão para o farelo é de alta de 35%, para US$ 320/tonelada. Nas exportações totais projetadas pela Abiove para o ano, os volumes fazem diferença e o óleo retorna ao terceiro lugar. Os embarques deverão render US$ 17,808 bilhões, 57,3% mais que em 2007. Para as vendas externas de grão, o aumento previsto é de 70,9%, para US$ 11,466 bilhões; para o farelo, o salto estimado é de 41,8%, para US$ 4,192 bilhões; e no caso do óleo deverá haver incremento de 29,8%, para US$ 2,15 bilhões. Nas três frentes, os valores previstos para 2008 são recordes históricos.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •  
Sem categoria

Atualizado em: 8 de outubro de 2018

Artigos Relacionados