Soja: vazio sanitário obedecido no país

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os plantadores de soja da maioria dos estados produtores estão obedecendo às recomendações técnicas da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) e respeitando o vazio sanitário estabelecido para a entressafra, visando conter o ataque do fungo da ferrugem asiático, que provoca desfolhamento nas plantas e prejudica o desenvolvimento dos grãos, afetando a rentabilidade das lavouras. O período de restrição ao plantio este ano no Brasil vai de 15 de junho até 30 de setembro. Em Mato Grosso e Paraná, o vazio sanitário precisa ser cumprido até 15 de setembro; em Goiás, Mato Grosso do Sul, Tocantins, São Paulo e Minas Gerais, até 30 de setembro; e no Maranhão, entre 15 de agosto e 15 de outubro. O fitopatologista Rafael Moreira Soares, pesquisador da Embrapa, esclarece que o vazio sanitário foi criado com o objetivo de proibir o cultivo de inverno – menos importante que o de verão -, para que haja um período maior sem soja no campo.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •  
Sem categoria

Atualizado em: 8 de outubro de 2018

Artigos Relacionados