Preencha os campos abaixo para receber informações completas de promoções e descontos.





Confirmação

O CPT Cursos Presenciais garante a você total segurança e confidencialidade em seus dados pessoais.
Quer facilidade?
Ligamos para você.

Apresentação

A madeira de florestas plantadas tem sido muito demandada pelas indústrias brasileiras, tanto pelo segmento moveleiro, quanto pelas siderúrgicas e de outras atividades consumidoras de carvão vegetal. A legislação ambiental e a fiscalização, cada vez mais intensa, têm reprimido a comercialização ilegal de madeiras nativas, através da aplicação de multas pesadas sobre as empresas infratoras. Além disso, a maior rentabilidade e produtividade das madeiras cultivadas, como é o caso do eucalipto, tem estimulado muitos agricultores e empresas à investir na silvicultura, já que a procura tem sido superior à oferta, o que proporciona uma remuneração satisfatória aos produtores florestais.

Uma das alternativas para substituir o uso de matas nativas na demanda do mercado madeireiro é o uso de espécies como o eucalipto, entretanto isso ainda é realizado em monocultivo, e sabe-se que como tal pode trazer consigo impactos indesejáveis ao meio ambiente. No entanto, por ser uma cultura com ciclo de cultivo mais extenso do que as lavouras anuais, como soja e milho por exemplo, e por ser cultivada geralmente em grandes áreas, onde há um histórico de desmatamento, é muito citado como agente degradador do meio ambiente. Porém, o sistema de exploração adotado em décadas anteriores tem muito haver com a fama desta cultura. Atualmente, outros sistemas de produção, integrados e planejados, implantados dentro de um manejo conservacionista, podem reverter esta imagem e auxiliar, inclusive, a recuperação de áreas degradadas, gerando maior recarga do lençol freático das propriedades rurais, contribuindo para o aumento da água em seus mananciais, já que o dano ou benefício do cultivo de eucalipto está relacionado ao seu manejo.

A associação de espécies em sistemas integrados como Sistemas Agrossilvipastoris, também conhecidos como Integração Lavoura-Pecuária-Silvicultura, juntamente com a utilização de práticas conservacionistas como o Sistema de Plantio Direto na Palha, despontam como opções promissoras na recuperação de pastagens, melhoria na produção grãos e de madeira nesta região. Esses sistemas, se bem manejados, têm potencial para aumentar a produtividade e reduzir os riscos de degradação, bem como possibilitar melhorias nas características químicas, físicas e biológicas do solo. Outro fator favorável da consorciação é a diversificação da produção na propriedade, aumentando as chances de sucesso na comercialização dos produtos e da permanência do homem no campo.

Benefícios da Integração Lavoura-Pecuária-Floresta

Os benefícios dos sistemas de ILPF podem ser enumerados em:

1-Benefícios da pecuária para a lavoura;

2-Benefícios da lavoura para a pecuária;

3-Benefícios do Plantio Direto para os sistemas de ILPF;

4-Benefícios da floresta para a lavoura e para a pecuária; e

5-Benefícios da lavoura e da pecuária para o cultivo de árvores.

Objetivo

- Apresentar formas para captação de verbas públicas para implantação da ILPS no seu município.

- Criar uma agricultura sustentável na região através de práticas agrícolas que diversifiquem a produção e aumentem a renda do agricultor preservando o meio ambiente. Através de:

- Estratégias para recuperar ou reformar pastagens degradadas de sua região;

- Melhorias das condições físicas, químicas e biológicas do solo;

- Produzir pasto, forragem e grãos de forma sustentável visando a alimentação animal na estação seca;

- Produzir madeira de área plantada;

- Diversificar e estabilizar a renda de seus produtores.

Incluso no curso
  • - Hospedagem ( hotel )
  • - Alimentação ( café da manhã, almoço e lanche )
  • - Translado Interno
  • - CD interativo
  • - Certificado
Perguntas Frequentes

Escolha uma das perguntas abaixo e esclareça suas dúvidas:


Atendimento on-line
Curta Você Também
  • twitter
  • facebook
  • google+
  • You Tube
  • Linkedin
  • Bradesco
  • Master Card
  • Visa
  • Itaú
  • Site seguro