Notícias e Informativos






O CPT Cursos Presenciais garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Embrapa promove 2ª Mostra de Tecnologia da Agricultura Familiar

A Embrapa Agropecuária Oeste e Transferência de Tecnologia, em parceria com a Federação de Agricultura Familiar – FAF/MS, Prefeitura de Dourados, Agraer, reuniu mais de 370 agricultores familiares nessa sexta-feira (25), que participaram da 2ª Mostra de Tecnologias quando foram mostradas tecnologias para a agricultura familiar. Dentre elas, Alternativas para a produção de Biodiesel, pelo pesquisador Cesar José da Silva; o Consórcio Milho/Braquiária, pelo pesquisador Gessi Ceccon; os Sistemas de Produção Agrofloretais, pelo pesquisador Milton Parron Padovan; os Sistemas de Produção Orgânica de Hortaliças, pelo pesquisador Ivo de Sá Motta; a Produção de Sementes Crioulas, pelo pesquisador Huberto Noroeste dos Santos Paschoalick e as Plantas Medicinais e Plantas Tóxicas, pela pesquisadora Karina Neoob de Carvalho Castro e pela professora doutora Maria do Carmo Vieira, da Universidade Federal da Grande Dourados – UFGD. Nesses 35 anos de existência, a Embrapa, em todo o território nacional, vem atuando de maneira significativa para o fortalecimento da agricultura familiar, a qual vem ganhando mais ênfase, investimentos e parcerias de outros ministérios e esferas de governo, organizações, associações e instituições de ensino. Segundo o administrador e coordenador da 2ª Mostra, Euclides Maranho, várias das tecnologias estão prontas para transferência e adaptações junto ao agricultor familiar. Euclides explicou que muitas cultivares de soja, por exemplo, com menor teor de enzimas e toxinas, podem ser ajustadas, comercializadas com valor agregado e utilizadas na pequena produção. Na área de pesquisa da Embrapa Agropecuária Oeste, 61 projetos de pesquisas são desenvolvidos por 32 pesquisadores. A Embrapa Agropecuária Oeste é um centro Ecoregional onde são estudadas diversas culturas e sistemas de produção. Cada tecnologia leva, em média, de três a quatro anos para gerar uma informação responsável e transferida com qualidade ao agricultor e à sociedade. “É na Mostra o lugar onde o agricultor familiar tem o seu primeiro contato com a tecnologia, ou seja, com o experimento para a sua utilização de forma mais saudável e racional possível”. Dalízia Aguiar (DRT/MS 28/03/14) Embrapa Agropecuária Oeste Contatos: (67) 425-5122/ R233 dalizia@cpao.embrapa.br

Fonte: Embrapa

Data: 29/07/2008

  • imprimir
  • contato
  • twitter
  • facebook
  • orkut
Notícias relacionadas! Veja mais notícias »
  • twitter
  • facebook
  • google+
  • You Tube
  • Linkedin
  • Bradesco
  • Master Card
  • Visa
  • Itaú
  • Site seguro