Notícias e Informativos






O CPT Cursos Presenciais garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Boi: cenas diferentes de um mesmo mercado

Hoje há duas tendências diferentes para o mercado do boi gordo: pressão de baixa nas praças tipicamente confinadoras e recuperação nas praças onde prevalece o gado criado no pasto. Esse comportamento é refletido nos preços. De acordo com uma pesquisa da Scot Consultoria, em São Paulo, a tendência de baixa se reverteu e o mercado parece ter encontrado um piso. A oferta varia entre R$77,00/@ e R$79,00/@, a prazo para descontar o funrural. A maioria dos negócios é fechada em R$78,00/@, nas mesmas condições. As escalas também se mantiveram. Atendem 5 dias, em média. No Mato Grosso houve nova alta. Após o reajuste verificado na região Norte, foi a vez de o Sudeste apresentar alta: o boi lá está cotado em R$69,00/@, a prazo, para descontar o funrural. O que ocorre é que por lá a influência do boi de cocho não é tão forte. Com as recentes chuvas, a macega está em boas condições, permitindo ao produtor manter o gado no pasto e realizar vendas mais compassadas. A situação é semelhante no Pará e no Tocantins, pois essas regiões não contam com animais confinados. Em 15 dias, a valorização da arroba já soma 1,52% em Marabá e Redenção e 4,5% no Norte do Tocantins. Lá também há influência da exportação de gado em pé, que acaba aumentando a demanda por animais (de maneira indireta no TO, pois os frigoríficos locais também compram animais provenientes do PA). Portanto, os artifícios utilizados para controlar os preços em épocas de baixa oferta mostram a sua influência sobre o mercado.

Fonte: Scot Consultoria

Data: 18/09/2009

  • imprimir
  • contato
  • twitter
  • facebook
  • orkut
Notícias relacionadas! Veja mais notícias »
  • twitter
  • facebook
  • google+
  • You Tube
  • Linkedin
  • Bradesco
  • Master Card
  • Visa
  • Itaú
  • Site seguro