Notícias e Informativos






O CPT Cursos Presenciais garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Pesquisa Trimestral do IBGE contabiliza abates

Pesquisa divulgada, nesta quarta-feira (30/09), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), aponta que, no segundo trimestre de 2009, o abate de bovinos cresceu 5,5% em relação aos primeiros três meses do ano. A estatística da Produção Pecuária do IBGE não só mostra interrupção na sequência de quedas sucessivas iniciadas no terceiro trimestre do ano passado, mas também indica redução de 10,2% na comparação com o mesmo trimestre de 2008. "Como vinha ocorrendo durante o primeiro trimestre, grandes frigoríficos ainda estão tendo que equilibrar seus custos à nova realidade, ajustando suas escalas de produção, que trabalham num cenário ainda de baixa, impossibilitando a recuperação das recentes demissões ocorridas no setor", explica o relatório. Mato Grosso é o principal estado brasileiro, em volume de abate, reunindo 13,6% de toda a produção nacional feita pelos estabelecimentos fiscalizados e as regiões Centro-Oeste e Sudeste concentram 58,5% do abate de bovinos do País. Suínos - O número de suínos abatidos foi de 7,588 milhões de cabeças no segundo trimestre deste ano, registrando aumento de 4,6% em relação ao segundo trimestre de 2008 e de 3,6% em comparação aos três primeiros meses de 2009. A principal região do País em abate de suínos é a Sul, concentrando 67,4% do volume nacional. Santa Catarina é o estado que lidera esta categoria, abatendo isoladamente 27,9% do total brasileiro. O Centro-Oeste teve aumento do abate de 20,2%, sobretudo por conta do estado de Mato Grosso (38,7%). Frangos - Em comparação ao segundo trimestre do ano passado, observou-se queda de 2,4% no abate de frangos, com total de 1,168 bilhão de cabeças, segundo a Pesquisa Trimestral do Abate de Animais. Em relação ao mesmo período de 2008, houve redução de 2,4% no número de animais abatidos e aumento de 3,8% ante o primeiro trimestre de 2009. O peso total das carcaças abatidas foi de 2,45 milhões de toneladas, indicativo de retração de 4,2% com relação ao segundo trimestre de 2008 e aumento de 4,9% no comparativo com o primeiro trimestre de 2009. A região Sul do País contribui com 60,1% de todo o abate nacional de frangos. O Paraná é o principal estado, responsável por 26,5% da produção. Alagoas teve a queda mais significativa (60,4%), enquanto que Mato Grosso teve aumento de produção (20,2%).

Fonte: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Data: 04/11/2009

  • imprimir
  • contato
  • twitter
  • facebook
  • orkut
Notícias relacionadas! Veja mais notícias »
  • twitter
  • facebook
  • google+
  • You Tube
  • Linkedin
  • Bradesco
  • Master Card
  • Visa
  • Itaú
  • Site seguro