Área potencial para irrigação no Brasil é de 35 milhões de hectares

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O presidente da Câmara de Agricultura Sustentável e Irrigação, Ivo Mello, disse na última terça-feira (19/05), na abertura do Seminário Nacional de Agricultura Irrigada, que o Brasil tem potencial para 35 milhões de hectares irrigados, quando utiliza apenas 3,5 milhões de hectares. Atualmente a India é o país com maior área irrigada do mundo: 55 milhões de hectares. Os Estados Unidos têm 22 milhões de hectares. Na avaliação de Mello, a baixa utilização da irrigação deve-se à falta de conscientização e de recursos por parte dos produtores e a inexistência de legislação que regule a atividade. Um dos objetivos do seminário é pressionar os parlamentares para que seja aprovado o Projeto de Lei 6.381, de 2005, que disciplina a irrigação no Brasil. Mello apontou também a falta de mercado como obstáculo ao crescimento das culturas irrigadas, pois com um grande aumento na oferta de alimentos não haveria onde colocar os excedentes de produção. Segundo ele a saída para o problema é a abertura de novos mercados. Segundo José Roberto de Menezes, consultor em Manejo de Sistemas Agrícolas Tropicais, “por meio do sistema de irrigação é possível diminuir 50% do uso de adubos e fertilizantes. A irrigação contribui para tornar a agricultura tropical mais competitiva”. A declaração também foi feita no seminário, durante palestra sobre o panorama da agricultura irrigada no Brasil. O aumento da produtividade também é um dos destaques da irrigação. No caso do feijão de sequeiro, é de 500 quilos por hectare. Já no irrigado, é de três mil quilos por hectare.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •  
Sem categoria

Atualizado em: 2 de setembro de 2009

Artigos Relacionados