Confira os 4 principais problemas nos dentes dos cavalos

  •   
  •   
  • 72
  •  
  •  
  •  
  •  

Você sabia que a dor de dentes dos cavalos pode deixar o animal muito agressivo e até levá-lo à morte mais rápido?

Não é à toa que os criadores estão se preocupando cada vez mais com o atendimento odontológico em seus animais. Eles sabem que a dor de dente influencia diretamente no rendimento do animal e não querem perder todo o investimento já realizado.

E você, conhece os principais problemas encontrados nos dentes dos cavalos?

Neste post você vai conhecer os 4 principais problemas dentários encontrados nos cavalos e que comprometem seriamente o bem estar animal.

Ficou interessado? Então continue a leitura e aprenda conosco.

1 – Dente de lobo

O primeiro pré-molar, chamado de dente de lobo, tem presença facultativa e é rudimentar.

Com aparência mais próxima a um dente canino, tem sua erupção adjacente à superfície rostral do segundo pré-molar por volta de seis meses, quando aparece, e pode cair na sequência. Quando a queda não acontece naturalmente ou quando sua erupção acontece em local indesejado, muito lateral ou rostral, sua extração é indicada.

Apesar de não ter participação direta na alimentação dos cavalos, podem se tornar um grande problema ferindo as bochechas do animal, ocasionando infecção e muito desconforto.

2 – Cauda de Andorinha

A cauda de andorinha é uma aresta que surge do desgaste dos dentes dos incisivos. Geralmente aparece por volta dos 7 anos de vida do animal e novamente por volta dos 13 anos. Em ambos os casos ela desaparece com o tempo.

É importante observar as fezes do animal neste período. Caso perceba que o animal não está triturando bem os alimentos é necessário indicar outra forma de alimentação, evitando assim, as tão temidas cólicas.

3 – Diastema

Diastema é o espaço entre incisivos da frente e entre os molares do fundo. Alguns cavalos desenvolvem um dente extra neste espaço o que pode causar muita dor e desconforto ao animal.

A boa notícia é que para aliviar a dor basta realizar a extração do dente. Este é um procedimento simples e irá aliviar as dores do animal. No entanto, o Médico Veterinário deve ter muita prática e conhecimento do assunto, para que realize uma extração segura e precisa. Afinal, ninguém quer causar mais dores ao animal, certo?

4 – Ganchos

Os ganchos se formam quando os pré-molares e molares estão desalinhados. Estes ganchos podem se tornar tão grandes que chegam a penetrar no céu da boca dos animais. A solução também é simples, desde que o Médico Veterinário esteja apto a realizar o procedimento com exatidão.

Agora que você conhece o que pode ocasionar as dores, fique atento aos principais sinais de problemas dentários:

– Perda de peso;

– Deixa ração/ feno no cocho;

– Deixa cair da boca;

– Molha a ração para facilitar a mastigação;

– Em casos mais avançados, o animal pode apresentar cólica, devido a má ingestão do alimento.

Estes são problemas recorrentes no mundo equestre e apresentam soluções, na maioria das vezes, simples. A diferença dos resultados e do sucesso dos procedimentos, está na escolha do profissional, concorda?

Muita dedicação, amor, estudo e comprometimento com a excelência. É isso que você gosta  também preza e procura? Então você vai gostar do que temos aqui: SUCESSO

Fontes: – Informativo Equestre

– Mundo dos Animais

– Apostila do Curso de Odontologia Equina do CPT Cursos Presenciais

  • 72
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •  

Artigos Relacionados