O que é corpo lúteo em vacas e por que avaliar corretamente faz diferença?

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
corpo lúteo em vacas

Primeiramente, corpo lúteo em vacas é uma estrutura glandular com um importante papel fisiológico. Sua avaliação pode fornecer informações extremamente valiosas que são essenciais para obter melhor eficiência reprodutiva.

Essa glândula transitória tem como função controlar o ciclo estral e proporcionar condições adequadas para manter a gestação. Ele pode estar presente está presente em condições de normalidade ou anormalidade fisiológica, sendo portanto um sinalizador de atividade reprodutiva da vaca.

Quer saber mais sobre essa importante estrutura? Continue lendo e entenda como se forma o corpo lúteo nas fêmeas bovinas, a importância de identificá-lo e os métodos usados para realizar a avaliação. 

O que é o corpo lúteo em vacas

O corpo lúteo é uma glândula endócrina transitória formada nos ovários da vaca, mais frequentemente no ovário direito, logo após a ovulação. Sua formação acontece de forma rápida e seu desenvolvimento se dá sob ação de um conjunto de fatores mitogênicos, angiogênicos e de crescimento. Esses agem sobre as células foliculares remanescentes determinando a luteinização. 

Desse modo, o corpo lúteo pode ter duração variável, dependendo se foi formado com ou sem ocorrência de gestação. Assim, quando é formado em ciclo estral com ocorrência de fecundação, ele se mantém até o final da gestação. Por outro lado, caso não aconteça a gestação, ele é chamado de Corpo Lúteo Cíclico e permanece por pouco tempo, com duração de aproximadamente 12 a 14 dias.

Essa glândula endócrina produz várias substâncias, tendo como principal produto de secreção a progesterona, um hormônio que possui coloração amarela e tem uma valiosa ação biológica. 

A progesterona serve, entre outras coisas, para controlar a duração do ciclo estral, a ovulações e preparar o útero para manter a gestação. Também atua em vários tecidos alvo como hipotálamo, ovário, tubas uterinas, útero e glândula mamária.

Por que avaliar o corpo lúteo em vacas

Por fornecer informações importantes sobre o estado reprodutivo da vaca, a avaliação do corpo lúteo possibilita a adequação de procedimentos de manipulação e também a sincronização do ciclo estral. 

Um exemplo é a análise do tamanho do corpo lúteo para realizar a seleção das receptoras no dia da transferência de embriões.

Conhecer a formação e a manutenção do corpo lúteo, assim como as estruturas que o compõem e a luteólise também é essencial para:

  • Aprimorar biotécnicas reprodutivas;
  • Desenvolver estratégias para melhorar as taxas de concepção;
  • Realizar o controle hormonal do ciclo ovariano;
  • Implantar medidas de manejo e tratamentos para minimizar problemas de fertilidade do animal e do rebanho;

Métodos de avaliação do corpo lúteo em vacas

 Para avaliar o corpo lúteo das fêmeas bovinas é possível fazer uso da técnica de palpação retal ou da ultrassonografia. 

Palpação retal

Também conhecido por palpação transretal, esse método permite avaliar os órgãos reprodutivos internos, detectar o estágio do ciclo estral, da gestação, auxiliar no manejo da inseminação artificial entre outros.

A técnica consiste na introdução da mão pelo reto do animal, com o posterior avanço do braço pela região do cólon descendente. Para preservar a integridade, garantir o bem-estar e a segurança do animal e do examinador, alguns cuidados devem ser tomados. 

É fundamental cuidar da higiene das mãos, braços e do ambiente onde o exame será realizado, conter o animal, usar equipamentos de proteção e lubrificante para facilitar a introdução. O exame também exige conhecimento apurado da técnica, da anatomia e fisiologia do animal, além de destreza, sutileza e bom senso do examinador.

Ultrassonografia

Neste sentido, o mais indicado é realizar o exame ultrassonográfico junto com a palpação retal. Isso porque ele permite a completa visualização do tecido luteal o que possibilita mais precisão na identificação e mensuração do corpo lúteo. 

A ultrassonografia ainda apresenta como vantagens o fato de ser indolor, não invasiva, possuir alta precisão, agilidade e baixo custo. No exame a imagem é uniforme, circunscrita e menos ecogênica que o estroma ovariano.

Independente do método, a avaliação do corpo lúteo é um parâmetro bastante confiável para avaliar a atividade reprodutiva da fêmea. Porém, deve ser realizado por um profissional experiente e preparado para interpretar os resultados.

Portanto, se você deseja atuar na reprodução bovina prestando serviços diferenciados para  aumentar a eficiência reprodutiva do rebanho, você precisa conhecer as capacitações que o CPT Cursos Presenciais tem para te oferecer. 

No Curso de Palpação Retal em Bovinos você vai aprender na prática essa técnica imprescindível para realizar diagnósticos de gestação e as principais patologias. E para aumentar ainda mais sua lucratividade e precisão em diagnósticos precoce de gestação, sexagem fetal ou avaliações reprodutivas, o Curso de Ultrassonografia na Reprodução Bovina é com certeza um excelente opção.

 Invista em sua carreira e esteja preparado para atuar nesta área altamente rentável. 

Fontes: Fisovet UFF, Rev. Bras. Reprod. Anim, Arq. Bras. Med. Vet. Zootec., Shop Veterinário, Escola de Veterinária UFMG 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Artigos Relacionados