Conheça a área de odontologia em pequenos animais

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
odontologia em pequenos animais

A condição bucal é uma das principais causas de complicações de saúde e de diminuição da qualidade e tempo de vida dos animais. Mesmo sendo uma área extremamente relevante, a odontologia em pequenos animais ainda é bastante negligenciada no mundo veterinário.

Para se ter ideia, a doença oral é uma condição extremamente comum e dolorosa para os animais. Inclusive, a doença oral é o problema mais comum em pequenos animais. Mesmo assim, ainda existem muito mitos sobre a odontologia veterinária e a formação acadêmica muitas vezes deixa a desejar. 

A boa notícia é que atualmente, os tutores estão mais conscientes e preocupados com a saúde bucal de seus animais. Existe uma crescente demanda pelo serviço, mas o número de médicos com experiência na área ainda é muito baixo.

Tem vontade de saber mais sobre a área de odontologia em pequenos animais? Neste artigo vamos explicar o que estuda essa especialidade da medicina veterinária, quando ela é requisitada, além dos desafios e oportunidades. Leia até o final e entenda porque esse é um excelente mercado para quem tem capacitação. Boa leitura!

O que a odontologia em pequenos animais estuda

O especialista em odontologia veterinária tem a função de preservar e cuidar da saúde bucal dos animais. Por isso, os conhecimentos em fisiologia e anatomia são essenciais para a prática odontológica.

O especialista também precisa estudar as afecções orais, especialmente a periodontal, que apresenta um potencial caráter fatal. Além de técnicas de diagnóstico, tratamentos odontológicos e os cuidados preventivos. 

Quando é requisitada

Assim como nos humanos, a saúde dos animais começa pela boca. Neste sentido, a prevenção é a melhor aposta, principalmente no que diz respeito à doença periodontal.

O especialista deve ser procurado assim que o animal começar a desenvolver halitose, para realizar limpezas e evitar o agravamento do problema. Também são responsáveis por realizar polimento, raspagem, extração, implantes, exames de imagem, cirurgias, tratamentos periodontais como de cálculo dentário (tártaro) e gengivite, entre outros procedimentos. 

Cerca de 80% dos animais acima dos dois anos apresentam algum problema dentário, nesses casos, o ideal é procurar por um especialista. Somente o médico veterinário especialista na odontologia em pequenos animais é capacitado para identificar o problema a tempo e de forma segura para indicar o melhor tratamento.

Desafios e Oportunidades

Conscientização de tutores

Um dos principais desafios da odontologia em pequenos animais é o desconhecimento de muitos tutores a respeito da gravidade dos problemas bucais. E também de alguns médicos veterinários que resistem em encaminhar seus pacientes para um especialista e tratam o problema da maneira errada.

Muitas pessoas ainda acreditam que é normal o animal ter bafo ou que não é preciso se preocupar com a alimentação e as escovação deles. Grande parte delas, também não sabe que as consultas ao profissional da odontologia veterinária pode evitar que pequenos problemas se tornem algo mais complicado ou até fatais.

Isso acontece porque desconhecem a importância dos cuidados orais, principalmente os preventivos, para o bem-estar a e qualidade de vida de seus animais. Ou até mesmo porque nunca ouviram falar que existe um profissional específico nessa área. 

Outro desafio para os proprietários e profissionais, é que muitas afecções orais não estão associadas a sintomatologia evidente. Isso dificulta muito para o proprietário perceber o problema a tempo. Contudo, observando cuidadosamente o comportamento do animal, principalmente na hora de comer, é possível identificar se ele está sentido dor ou desconforto.

Crescimento da área

Mesmo com esses desafios, a área vem crescendo exponencialmente no Brasil graças a preocupação e conscientização de alguns proprietários. E a probabilidade é de crescimento na procura pelo serviço, já que a tendência é que mais pessoas se conscientizem cada vez mais. 

Um fato que vem contribuindo para o destaque da área são os cursos de especialização e extensão, que vem aumentando, já que nas faculdades geralmente o tema ainda é abordado de forma superficial. E também as constantes divulgações em congressos e palestras, buscando conscientizar os próprios médicos veterinários sobre a importância dessa área. 

Tudo isso, mostra que também é responsabilidade do veterinário divulgar a área de odontologia em pequenos animais, enaltecendo sua importância.

E você deseja aprender na prática essa que é uma das especialidades que mais tem ganhado destaque no mercado profissional dos Médicos Veterinários e aumentar a sua rentabilidade? 

No Curso de Odontologia em Pequenos Animais do CPT Cursos Presenciais você aprende a diagnosticar e corrigir as principais afecções orais, conhecendo anatomia dentária, técnicas de diagnóstico e tratamentos odontológicos, além de ser orientado a respeito da importância dos cuidados preventivos. Não perca tempo, veja mais informações aqui.

Fonte:

OdontoVet, Odonto Vet2, Revista Veterinária, Revista Veterinária2, ArtMed, Dentista Organizado.  

  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Artigos Relacionados