Saiba mais sobre os cuidados odontológicos em pequenos animais

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

CPT Cursos Presenciais: Qual a importância dos cuidados odontológicos em pequenos animais?

Professora Daniela Pavanelli: Atualmente os animais de companhia se tornaram membros da família e os seus proprietários desejam uma maior longevidade para eles. Portanto a crescente preocupação com a saúde oral é determinada pelo fato de que podemos relacioná-la ao aumento da expectativa de vida deles, um vez que as doenças orais interferem diretamente na saúde do paciente.

 

CPT Cursos Presenciais: Qual a prevalência das doençasoraisempequenosanimais?

Professora Daniela Pavanelli: Cerca de 80% dos cães com mais de cinco anos de idade apresentam algum tipo de afecção oral devido ao acúmulo de placa bacteriana e, consequente, formação do cálculo dentário, sendo a doença periodontal de maior prevalência entre esses animais.

A doença periodontal deveserencarada como uma moléstia de grande relevância, pois apresenta um potencial caráter fatal. Entretanto, ela é subestimada tanto por proprietários quanto por veterinários.

 

CPT Cursos Presenciais: O que é Doença Periodontal?

Professora Daniela Pavanelli: É uma afecção oral frequente em cães e caracteriza-se por uma inflamação dos tecidos de suporte do dente (periodonto), acompanhada por perda óssea.

 

CPT Cursos Presenciais:  Como se desenvolve a Doença Periodontal?

Professora Daniela Pavanelli: A verdadeira causa do desenvolvimento da doença periodontal não é o cálculo dentário (tártaro) e sim a placa bacteriana que é formada pelo acúmulo de bactérias e componentes salivares. A placa (película amarelada sobre a superfície dos dentes) desenvolve-se gradualmente, principalmente no sulco gengival, causando lesões periodontais.

 

CPT Cursos Presenciais: Existe algum fator específico que predispõe essa doença?

Professora Daniela Pavanelli: O grau de severidade da doença periodontal depende de fatores individuais. Cada indivíduo desenvolve essa afecção de forma mais ou menos grave, em função da sua defesa imunológica. O cálculo dentário (tártaro) é muito frequente, mas nem sempre está presente.

Não existe correlação entre a quantidade de cálculo e a severidade da doença. Dentes mal posicionados ou a persistência de dos dentes de leite favorecem o desenvolvimento da doença periodontal.

 

CPT Cursos Presenciais: Um cão com tártaro automaticamente desenvolverá doença periodontal?

Professora Daniela Pavanelli: Não, porque o cálculo (tártaro) é um depósito de cálcio salivar da placa bacteriana e apenas ela causa periodontite (doença periodontal). No entanto, é extremamente importante remover o cálculo (tártaro), porque ele aumenta a superfície de fixação da placa bacteriana.

 

CPT Cursos Presenciais: Um cão com gengivite certamente irá apresentar doença periodontal?

Professora Daniela Pavanelli: Não, mas todos os cães com acúmulo de placa bacteriana desenvolverão obrigatoriamente gengivite. Porém, nem sempre a gengivite evolui para periodontite, afinal essa evolução depende de características individuais. O resultado é impossível de ser previsto, por este motivo o cuidado com a saúde oral nos cães é tão importante.

 

CPT Cursos Presenciais:  Quais as consequências da doença periodontal para a saúde do cão?

Professora Daniela Pavanelli: A doença periodontal é um grave problema na medicina veterinária, por sua alta incidência e consequências patológicas. Além da perda precoce dos dentes, há um grande risco das bactérias orais entrarem na corrente sanguínea e causarem lesões inflamatórias em outros órgãos como rins, fígado, coração, pulmões. A severidade das lesões nestes órgãos é proporcional ao grau da doença periodontal.

 

CPT Cursos Presenciais: A doença periodontal pode ser tratada?

Professora Daniela Pavanelli: O tratamento periodontal começa pela remoção do cálculo (tártaro) e da placa bacteriana (raspagem), feito por um médico veterinário que deverá tratar todo o periodonto infectado.

 

CPT Cursos Presenciais:  Como prevenir as lesões periodontais?

Professora Daniela Pavanelli: A higiene oral é o único método eficaz de prevenção da placa bacteriana, do cálculo, da gengivite e da doença periodontal qualquer que seja o estado da cavidade oral. A maioria dos cães, cedo ou tarde, apresentarão lesões periodontais dos mais variados graus. Por isto é de grande importância ter acompanhamento veterinário periódico e manter uma boa higiene oral.
Entrevista com a Professora Daniela Pavanelli Junqueira

– Professora do Curso de Odontologia em Pequenos Animais do CPT Cursos Presenciais

Médica Veterinária graduada pela Universidade Federal de Viçosa – UFV

– Especialização em Clínica e Cirurgia de Pequenos Animais pela Universidade Federal de Viçosa – UFV

– Especialização em Farmacologia atualização e novas perspectivas pela universidade Federal de Lavras – UFLA

– Curso de Atualização Teórico/Prático em Odontologia Veterinária de Pequenos Animais pela Universidade de São Paulo – USP

– Especialização em Odontologia Veterinária pela Universidade de São Paulo – USP

Médica Veterinária da Clínica Veterinária São Francisco – Juiz de Fora (MG)

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •  
Pequenos Animais

Atualizado em: 8 de outubro de 2018

Artigos Relacionados