Agricultores ficam de fora

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Enquanto o Itamaraty comanda as negociações na OMC (Organização Mundial do Comércio), os representantes do setor agrícola do país ficam de fora das negociações. Ontem, os delegados da CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil) e o Ministério da Agricultura sequer eram informados sobre os horários das reuniões, locais ou com quem o Itamaraty se reunia. A CNA e o Ministério da Agricultura querem que um acordo seja fechado ainda nesta semana. "Não podemos mais esperar. Achamos que é melhor um acordo agora, mesmo que limitado, que esperar por uma nova administração americana. Se o Partido Democrata vencer as eleições nos Estados Unidos, não teremos de esperar dois ou três anos para a conclusão de Rodada Doha, mas cinco ou até oito anos. Eles vão querer incluir temas ambientais nas negociações e isso vai complicar tudo", afirmou o secretário de Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Célio Porto.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •  
Sem categoria

Atualizado em: 22 de julho de 2008

Artigos Relacionados