Castração em cães e gatos – Faz bem para o animal e quando fazer?

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A castração em cães e gatos muitas vezes tem como finalidade por parte dos donos, a solução da agressividade e do namoro. Mas, ainda há o medo em relação ao comportamento dos animais pós-cirurgia, os donos temem a depressão e até mesmo algum sofrimento durante o processo.

Segundo veterinários a cirurgia não deixa os animais tristes ou deprimidos, os animais ficam mais calmos porque a disputa por fêmeas e marcação de território não é mais feita, e os gatos ficam mais caseiros.

Porém, a castração não resolve todos os problemas, o fator genético, a quantidade de hormônios e o ambiente em que vivem os animais também são fatores que influenciam o comportamento.

O período ideal para a castração de cadelas é antes do primeiro cio, o animal pode ter mais tendência em engordar, porém a cirurgia diminui a probabilidade do surgimento de câncer de mama. Já o cão pode ser castrado com um ano, depois que atingir a maturidade sexual, porém se o cão for muito velho, a agressividade pode não diminuir.

As gatas podem ser castradas com até um ano, antes do primeiro cio. A ovulação desses animais é induzida no momento do coito, então se houver o cruzamento da fêmea, ela pode ficar prenha. O ideal para os gatos é esperar até um ano, quando o animal atinge a maturidade sexual e tem a uretra totalmente desenvolvida.

Observando as vantagens e analisando os riscos, cabe ao dono decidir o que é melhor para cada animal.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •  
Sem categoria

Atualizado em: 17 de setembro de 2013

Artigos Relacionados