O que deve constar em um check up veterinário?

  •   
  • 859
  •  
  •  
  •  
check up veterinário

O check up veterinário é um procedimento que todos os pequenos animais devem realizar pelo menos uma vez por ano. Pois, é por meio dessa revisão que é possível o monitoramento de sua saúde, detectar doenças e uma infinidade de problemas antes mesmo que eles se agravem. Mas, pra saber auxiliar o tutor, com diagnósticos corretos e atuar na prevenção de modo seguro, o profissional precisa estar qualificado. E claro, saber realizar um check up completo no animal.

O aumento da expectativa de vida de cães e gatos já é uma realidade. Nesse sentido, a medicina preventiva vem ao encontro disto e tem se consolidado como uma excelente maneira de aumentar tanto a longevidade quanto a qualidade de vida dos animais.

Algumas doenças têm sintoma silenciosos em seus estágios iniciais. Dessa forma, podem passar despercebidas pelos tutores de cães e gatos. Eles podem notá-las apenas quando está em um estágio avançado deixando o animal bem debilitado. E sem muita chance de sobrevida com bem-estar. Sendo assim, o check up veterinário pode diagnosticar a enfermidade em tempo hábil para se evitar sequelas permanentes ou até o óbito do animal.

É por isso que, neste artigo, vamos explicar como deve ser um bom check up veterinário e quais doenças podem ser prevenidas com o exame!

Como funciona o check up veterinário?

Nessa consulta, o médico veterinário verifica o cartão de vacinação do animal para que as vacinas sejam colocadas em dia. Já que, muitas não são dose única, ou seja, precisa tomar o reforço. O check up veterinário é constituído por 5 etapas, confira:

1ª Formação do histórico médico:

Na primeira vez que o animal é levado ao consultório veterinário deve ser criado um documento contendo todos seus dados. Nele, são registrados tudo que for necessário para informar seu estado de saúde. Por exemplo, a última desparasitação, doenças recentes e visitas ao veterinário. Tais registros ajudarão na construção do histórico para auxiliar na análise de saúde do animal a longo prazo.

2ª Medição do peso:

O estado de saúde do animal é correlacionado com seu peso, por exemplo, não é um bom sinal o animal estar magro demais ou obeso. Por isso, é importantíssimo pesá-lo em cada check up veterinário, os números são anotados para que o você possa acompanhar as mudanças e prescrever uma alimentação balanceada, de acordo com a necessidade do cão ou gato.

3ª Aferição dos sinais vitais:

Juntamente com a temperatura, as frequências cardíacas e respiratórias devem ser medidas no check up. É importante destacar que o eletrocardiograma ou ecocardiograma são essenciais para verificar alterações cardíacas já que tais doenças costumam ser mais silenciosas.

Entretanto, para aferir tais parâmetros é importante que o tutor fique ao lado do animal para mantê-lo calmo, pois ele não está acostumado com tais medições e pode reagir mal.

4ª Revisão geral:

Nessa fase, é imprescindível que o médico veterinário faça uma inspeção geral nas partes que estão mais expostas e suscetíveis a infecções, que são a pele, olhos, boca e pelos do animal. Assim, com uma revisão mais detalhada é essencial para o acompanhamento da saúde do animal.

5ª: Revisão do corpo

Ao final, o corpo do animal como a barriga, patas, músculos e ossos devem ser minuciosamente apalpados. O toque do médico veterinário ajudará a descobrir se há alguma anomalia ou protuberância em sua pele, pelo ou em regiões internas.

6ª Ultrassonografia

A ultrassonografia veterinária também pode ser utilizada em exames de rotina com intuito preventivo ou diagnóstico precoce de condições ou doenças.

Para isso, o ideal é fazer uma varredura abdominal completa, observado os principais órgãos e também investigando as doenças mais comuns para a idade, raça e sexo do animal. Outras modalidade de ultrassonografia, como o ecodopplercardiograma utilizado para investigar cardiomiopatias.

Normalmente, demais modalidades de ultrassonografia podem ser utilizadas caso o tutor relate algum sintoma ou se o animal já apresenta uma determinada doença e está fazendo acompanhamento.

Além de todas estas etapas, o médico veterinário pode solicitar alguns exames laboratoriais complementares, tais como:

  • Eletrocardiograma
  • Exame de urina e fezes
  • Hemograma (com avaliação renal e hepática)

Cada um deles vai ajudar na identificação de alterações e complementam um check up veterinário completo.

Por que recomendar o check up veterinário com frequência?

Acompanhar constantemente a saúde de cães e gatos é uma medida preventiva para doenças, pois algumas delas podem passar despercebida pela maioria dos tutores. Só para exemplificar:

  • Câncer
  • infecções no sistema urinário
  • piometra (sobretudo fechada)
  • Vermes
  • Doenças cardiovasculares
  • Afecções bucais como a gengivite

São doenças que podem não ser notadas desde o ínicio. Por isso, é imprescindível realizar o check up veterinário regularmente, pois só assim as doenças citadas acima e outros problemas de saúde poderão ser evitados.

Você, médico veterinário, quer se capacitar para atender seus pacientes com excelência? Então, clique na imagem abaixo e saia na frente dos demais!

>>Cursos Presenciais na área de Pequenos Animais

Fonte: Canal do Pet IG, Pet Love e The Zee Dog Blog

  • 859
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  
Pequenos Animais

Atualizado em: 3 de julho de 2020

Artigos Relacionados