Ciclo estral em bovinos

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O estro ou cio, referido como dia zero do ciclo estra, é o período da fase reprodutiva das vacas, no qual as mesmas apresentam receptividade sexual, seguida de ovulação.

A duração do estro é de aproximadamente doze horas, e a ovulação ocorre de doze a dezesseis após o termino do cio. Quando a fecundação não acontece, o intervalo médio entre os dois cios consecutivos é de 21 dias, e é denominado ciclo estral, que pode ser dividido em duas fases distintas, folicular e luteínica.

A fase folicular é caracterizada pelo desenvolvimento do folículo, estrutura que contém o óculo, já a fase luteínica é caracterizada pelo desenvolvimento do corpo lúteo.

Na fase luteínica, formada após a ruptura do folículo, há a produção de progesterona, hormônio responsável pela manutenção da gestação. Se o ovulo for fertilizado, o corpo lúteo será mantido, caso contrário ocorrerá à regressão do corpo lúteo, tendo início uma nova fase folicular.

O período de desenvolvimento da fase luteínica é subdividida em metaestro e diestro. O metaestro tem duração de dois a três dias e a característica principal é a ovulação, liberação do óvulo pelo folículo. O diestro tem duração de aproximadamente quinze dias, se o óvulo for fecundado o corpo lúteo será mantido e os níveis de progesterona permanecerão altos durante o período gestacional.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •  
Sem categoria

Atualizado em: 16 de setembro de 2013

Artigos Relacionados