Diretrizes da Prática da Eutanásia são debatidas com participação do CFMV

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

 

O Médico Veterinário Marcelo Weinstein Teixeira participou como representante do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), de uma reunião no dia 06/11 que debateu o documento inicial sobre as Diretrizes da Prática da Eutanásia do Conselho Nacional de Experimentação Animal (Concea) elaborado por grupo de trabalho do órgão. Além do CFMV e Concea, a reunião contou também com participação do Conselho Federal de Biologia.

De acordo com a avaliação feita pela o presidente do CFMV, Benedito Fortes de Arruda, a cooperação entre os órgãos é essencial para o sucesso dos trabalhos. “Essa é uma aproximação que já articulávamos há muito tempo para garantir que as questões de interesse da Medicina Veterinária sejam consideradas na norma que será publicada”.

Para o representante do CFMV, apenas o Médico Veterinário pode ser consultor para as dúvidas sobre eutanásia. "Além de ele ser o único que pode assumir a Responsabilidade Técnica de Biotérios, como já foi definido em legislação recente, o médico Veterinário é o profissional apto para tratar do tema".

Teixeira também reconhece que o diálogo permitiu evitar o conflito entre a diretriz que será publicada pelo Concea e a Resolução CFMV n°. 1000, que dispõe sobre o tema. “Muitos métodos que constavam na Resolução do CFMV também foram considerados na tabela de procedimentos que será editada pelo Concea”, adianta.

Está agendada para o final de novembro a 18ª Reunião Ordinária do Concea, onde o texto final será objeto de análise e deliberação. Em seguida, o documento deverá ser enviado para consulta pública.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •  
Sem categoria

Atualizado em: 8 de outubro de 2018

Artigos Relacionados