Governo muda regras para renegociação

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O governo federal decidiu publicar novas normas de renegociação das dívidas rurais, mais benéficas aos produtores, somente após a aprovação do relatório da Medida Provisória na Câmara dos Deputados. Os líderes ruralistas esperam votar a MP na próxima semana, mas ainda não há garantia de presença de parlamentares no Congresso em razão das atividades nas eleições municipais. O governo justifica a estratégia como uma forma de evitar "surpresas" no texto do relator, o deputado Luis Carlos Heinze (PP-RS). A bancada ruralista tem exercido forte pressão para ampliar os benefícios da repactuação de R$ 76 bilhões em débitos de 3,8 milhões de contratos. "As conversas estão muito boas, mas vamos esperar o texto do relator", disse o secretário-adjunto de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Gilson Bittencourt. O deputado Heinze afirmou "estranhar" que as medidas não tenham sido aprovadas na reunião de quinta-feira do CMN (Conselho Monetário Nacional). "Foi uma manobra do governo para votarmos a MP somente com os pontos acordados", disse.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •  
Sem categoria

Atualizado em: 8 de outubro de 2018

Artigos Relacionados