IMA vai intensificar auditorias em fazendas

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Com auditorias de conformidade de rastreabilidade de bovinos e bubalinos sendo realizadas permanentemente pelo IMA (Instituto Mineiro de Agropecuária) e pelo Ministério da Agricultura em Minas Gerais desde maio, o Estado contabiliza 195 propriedades vistoriadas. Destas, 151 atenderam às condições impostas pela UE (União Européia) e 94 já estão autorizadas a comercializar com o bloco. Cada propriedade leva em média de um a dois dias para ser auditada. São conferidas a quantidade e a identificação dos animais, as GTAs (Guias de Trânsito Animal), brincos, o uso de produtos veterinários, entre outros. Conforme o diretor-geral do IMA, Altino Rodrigues Neto, o Instituto não está medindo investimentos. Os produtores estão demonstrando interesse durante as auditorias e o resultado pode ser sentido no bolso. A arroba do gado rastreado está sendo negociada a R$ 105,00 em Minas, enquanto a do animal não rastreado sai por R$ 85,00.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •  
Sem categoria

Atualizado em: 21 de agosto de 2008

Artigos Relacionados