Importância do exame andrológico na pecuária de corte ou leiteira

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O exame andrológico é utilizado nas propriedades rurais, seja na pecuária de corte ou leiteira, visando alcançar bons índices gestacionais. Antes da escolha dos touros que vão ser destinados à reprodução, é necessário que seja feita uma avaliação prévia da fertilidade e da capacidade de monta do reprodutor, garantindo a sua aptidão à reprodução.

Desta forma, a partir do exame andrológico é possível analisar a capacidade reprodutiva do animal avaliando a sua fertilidade, e assim evitando a colocação nas vacadas de animais inférteis. O exame é composto pela avaliação física do animal, assim como do aparelho reprodutor, também há a avaliação das características físicas, morfológicas e microbiológicas do sêmen a fresco.

A realização do exame andrológico é indicada nas seguintes situações: avaliação do reprodutor para a realização da estação de monta; nas realizações de comercialização de reprodutores; na ocorrência de falhas reprodutivas no rebanho; para a determinação da ocorrência da puberdade; para o diagnóstico de problemas de fertilidade; para o ingresso nas centrais de inseminação artificial, visando à congelação do sêmen.

A fertilização realizada por touros inférteis traz grandes prejuízos, com consequências dramáticas e irreversíveis, se não forem detectados possíveis problemas com o macho reprodutor antes do processo, eles só serão depois ao se verificar poucos vitelos na vacada, podendo também não ser detectados, caso haja outros animais e se não há o controle do intervalo entre os partos dos animais.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •  
Sem categoria

Atualizado em: 28 de agosto de 2013

Artigos Relacionados