Lucratividade Certa com Integração Lavoura-Pecuária-Floresta

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A proposta da integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF) é de se aliar a adequação ambiental com a valorização do homem, aumento da produtividade e viabilidade econômica da atividade agropecuária, é uma das técnicas mais importantes da produção agropecuária sustentável.

A técnica de ILPF trabalha em sistema de cultivo consorciado dentro de uma mesma área, dos mais diferentes sistemas produtivos, agrícolas, pecuários e florestais. O cultivo é feito com a rotação das culturas, beneficiando a todos.

O sistema ILPF traz grandes benefícios como a produção de grãos, carne, leite e produtos madeireiros e não madeireiros ao longo de todo o ano em uma mesma propriedade rural. Assim, os benefícios agronômicos se caracterizam por meio da recuperação e manutenção da qualidade produtiva do solo; benefícios econômicos se dão pela diversificação de produtos e obtenção de maiores rendimentos por área cultivada; benefícios ecológicos são devido a redução de pragas das diferentes espécies cultivadas e consequente redução da necessidade de defensivos agrícolas, bem como a redução da erosão e maior biodiversidade, em comparação a outros sistemas produtivos; benefícios sociais se dá pela distribuição mais uniforme da renda, produção de alimentos, geração de tributos e empregos; e os benefícios zootécnicos se caracterizam pela possibilidade de recuperação de pastagens degradadas e o estabelecimento de pastos com boa produtividade e valor nutritivo, além de ampliar o tempo de disponibilidade de forragem verde para os animais durante o ano e de promover ambiente mais favorável aos animais, o que reflete em ganhos na produção.

As vantagens do sistema ILPF são inúmeras, e cabe a cada produtor escolher quais culturas se adequam melhor ao tipo de relevo, solo e clima da região em que se localiza a propriedade.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •  
Sem categoria

Atualizado em: 21 de agosto de 2013

Artigos Relacionados