Como se tornar o médico veterinário mais desejado do mercado? 5 passos que a faculdade não te ensina!

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  

A área da medicina veterinária é muito concorrida e isso não é novidade. Ao todo já são mais de 120.000 profissionais com o registro ativo no país. E todos os anos cada vez mais profissionais se formam nos mais de 340 cursos licenciados pelo MEC. Mas, o que todos querem saber é como se tornar um médico veterinário de sucesso?

Quando você optou pela carreira de medicina veterinária, com certeza um de seus maiores estímulos foi o seu amor pelos animais, não é? E não há problema algum com isso! Mas, muitos profissionais ao terminarem a faculdade tentam ingressar no mercado de trabalho com várias tentativas frustradas.

Como o número de profissionais formados cresce a cada ano, muitos encontram dificuldades no mercado. Justamente pela concorrência grande, se tornar um veterinário de sucesso acaba sendo um grande desafio. Pensando nisso, elaboramos esse artigo com alguns passos simples para que você se torne um médico veterinário de sucesso!

Se ganhar mais credibilidade com seus colegas, destaque profissional e aumentar seu número de atendimentos está em seus objetivos profissionais. E claro, quer saber a resposta da pergunta chave deste post, como ser o médico veterinário mais desejado do mercado? Então, convido você a ler esse post até o final. Vamos lá?

O que é preciso fazer para ser um médico veterinário de sucesso?

médico veterinário

Essa é uma dúvida muito comum de praticamente todos os profissionais, não é mesmo? Sobretudo, é importante informar que não há uma “receita de bolo” para ter o tão sonhado sucesso que se aplica a todos. Mas, existe sim alguns passos que se forem adotados pode colocar você mais perto de seus objetivos profissionais.

O fato é podemos perceber que vários profissionais da área se lastimam que estudam muito e se empenharam tanto na faculdade, mas quando se formam o “conto de fadas” acaba e a realidade encontrada é o déficit de salário ou a falta de clientes em sua clínica ou hospital veterinário. Por fim, se há tanta reclamação, alguma coisa está errada, não é?

Para início de conversa, é preciso escolher uma especialidade, pois cada uma tem suas obrigações específicas. O campo da medicina veterinária é extremamente amplo, com mais de 80 áreas para se atuar. Definir isso é Isso vai te ajudar enfrentar as tarefas diárias com mais preparado.

Agora que você já sabe o ponto de partida inicial, chegou o momento de definir por onde começar, ou quais serão as suas prioridades. Às vezes, essa prioridade estará ligada a sua realidade, que deve ser encaixada em uma das três opções a seguir:

  • Você já tem noção do que almeja fazer ou qual área da medicina veterinária quer seguir;
  • Ainda não decidiu, mas já atua em alguma área e sua rotina diária vai ditar seu aprendizado;
  • Você não tem ideia da área que quer escolher, mas tem muita vontade de aprender.

Se você já sabe a área que quer seguir ou a empresa em que quer trabalhar, isso vai ajudar bastante. Mas, mesmo para se você ainda não tem tudo definido, esses passos também vão te ajudar a ser um médico veterinário de sucesso. Confira:

#1 Cultive uma boa rede de contatos

Sim, o famoso networking não poderia escapar dessa lista. Você já deve saber que se manter conectado com pessoas é uma forma de melhorar suas experiências, ter indicações de excelentes de empregos ou clientes e aprimorar seus conhecimentos para alcançar os objetivos que você tem para sua carreira profissional.

Se engana quem pensa que o networking é uma relação onde você só ganha. Pelo contrário, é uma via de mão essa relação deve ser pautada na base da troca de informações, conhecimentos e experiências. Se conecte com outros profissionais, gere valor mutuamente e não espere nada em troca.

Claro que a graduação e os cursos de especialização são um ótimo momento para isso.Isto é, são nesses lugares que você mais em pode encontrar pessoas com algo em comum. As relações duradouras são aquelas que as as pessoas usam a mesma linguagem.

Ter uma rede profissional (fazer networking) deixou de ser opção. É indispensável.

#2 Educação continuada: faça cursos e atividades extracurriculares

O que você aprende na sala de aula é muito importante. Mas, sua instrução não deve ser baseada apenas na graduação. O investimento que você faz no seu desenvolvimento está diretamente ligado ao número de horas que você gasta. Ou seja, dedique-se a todas as formas de  educação continuada. Seja com cursos de especialização, palestras e seminários. Eles são uma ótima oportunidade de completar seus conhecimentos e se destacar dos demais profissionais.

As pessoas estão buscando cada vez mais atendimento especializado, por isso, se engana o médico veterinário que se contenta apenas com sua graduação. Atualmente, profissionais pós-graduados são cada vez mais valorizados, além do mais, ter no currículo um curso de pós-graduação de peso no mercado pode fazer com que você além de ser mais bem remunerado se torne um profissional referência em sua área de atuação.

A escolha de uma instituição de pós-graduação não deve ser baseada na distância ou acessibilidade das parcelas e sim na sua reputação no mercado e na metodologia de ensino. Considere também a carga horária desejável e equipamentos suficientes para que você aprenda na prática.

Para você que busca uma pós-graduação nesses moldes, confira só a proposta do Cenva Pós-Graduação com a mesma metodologia que o CPT Cursos Presenciais utiliza: treinamento prático e individual:

Não esqueça de considerar a situação do mercado que você irá atuar. Por exemplo, se você estiver em uma região com um grande número de clínicas e hospitais veterinários com o foco em pequenos animais, talvez seja o caso de pensar em alguma outra área que desperte, igualmente, seu interesse.

Considerando estes pontos será mais fácil unir o útil ao agradável e deslanchar na sua carreira em medicina veterinária.

#3 Habilidade para tomar decisões rápidas

Essa é uma habilidade de qualquer profissional é obrigada a realizar em seu dia a dia, mas nem todos estão aptos para isso. Muitos ficam apreensivos por saber que a vida do paciente está em suas mãos. Por isso, a decisão deve ser rápida e precisa. Afinal, é claro que você não quer perder nenhum paciente por falta de conhecimento, não é?

Para isso, é necessário investir em conhecimento para garantir segurança na hora das decisões. Pois, tomar decisões é rotina do médico veterinário e tomá-las da melhor forma possível, principalmente, em situações emergenciais, pode salvar vidas.

#4 Invista em ações de marketing digital

Atualmente, é praticamente impossível pensar em um mundo sem tecnologia. No mundo já são mais de 3 bilhões de pessoas conectadas à internet. Por isso, que o marketing digital e as ações em conjunto voltadas a promoção de uma empresa na internet, tem se tornado cada vez mais essencial para negócios que desejam atrair mais clientes.

Praticamente tudo que queremos saber, pesquisamos no Google e passamos cada vez mais tempo nas redes sociais, ficar fora desse mundo é uma boa maneira de ser esquecido. Pois, do que adianta abrir uma clínica, investir em boas especializações e ter excelentes equipamentos se ninguém sabe de tudo isso.

Além dos tradicionais panfletos, cartões de visita e do atendimento de qualidade (para o famosa propaganda boca a boca), aposte também em ações de marketing digital. Investir nessas estratégias é agir em direção da disseminação do seu trabalho.

O investimento em marketing digital traz a você, diversos benefícios:

  • ser encontrado com mais facilidade;
  • melhoria da imagem da empresa;
  • diferenciação da concorrência;
  • maior interação com seu público;
  • aumento da fidelização dos clientes.

Não é preciso conhecimento técnico do assunto para iniciar! Criar páginas nas principais redes sociais, como Facebook, Instagram e Youtube, já é um belo começo, só não deixe de lado as normas do Conselho Federal de Medicina Veterinária, em relação à publicidade. Isso permitirá que seu empreendimento ganhe um impulso, gerando resultados cada vez melhores e que serão gerenciados corretamente.

#5 Adquira conhecimento na área de gestão

Seja qual for a sua área de atuação, é necessário deter o conhecimento em gestão. Caso deseje seguir e empreender em um negócio próprio, essa habilidade será ainda mais requisitada. Uma boa administração é uma das condições primordiais para o sucesso.

Muito mais do que entender dos animais, suas doenças e condições de saúde! Busque também conhecimentos ligados à gestão de negócios e pense em ser um gestor. Caso você não se sinta preparado, faça cursos de curta duração na área de administração e leia publicações sobre o tema. Isto vai garantir o aumento de seu conhecimento.

Se você deseja trabalhar em uma empresa ou pensa em ter um negócio próprio, esse conhecimento vai tornar seu trabalho mais leve e fácil. Sem contar que vai permitir que se destaque entre outros profissionais.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  
Medicina Veterinária

Atualizado em: 4 de setembro de 2019

Artigos Relacionados