Milho: custos preocupam

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Embora os preços do milho no mercado sejam compensadores – R$ 25,42/saca de 60 quilos, na segunda semana de julho, acumulando uma alta de 18,52% em 12 meses, pelo levantamento da Emater-RS (Associação Rio Grandense de Empreendimentos de Assistência Técnica e Extensão Rural), o produtor de milho precisa ficar atento aos custos de produção, que também estão em alta. Destacam-se os fertilizantes, que representam 30% dos custos da produção agrícola. Em 2008, já houve uma alta de consumo da ordem de 20%, mesmo com aumento de preços acumulado em 50%, segundo levantamento da CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil). "Como 75% do volume de fertilizantes consumidos são importados, com a firme tendência de alta do preço do petróleo, podemos imaginar como isso poderá se refletir nos custos de produção do milho", analisa o presidente-executivo da Abramilho, Odacir Klein.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •  
Sem categoria

Atualizado em: 19 de setembro de 2018

Artigos Relacionados