Monitoramento de plantas daninhas

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Um dos principais objetivos de nosso monitoramento na lavoura demonstrativa é a verificação de plantas daninhas na área, ou seja, plantas que competem com nutrientes e água com a soja e que ainda podem servir como hospedeiras para doenças e pragas. Deste modo, se faz necessária a sua eliminação para que não haja perdas significativas ao produtor rural. Mas felizmente, não se observa mais em nossa lavoura a presença de plantas daninhas que antes eram presentes, como o capim amargoso (Digitaria insularis) e principalmente a buva ou voadeira (Erigeron bonariensis). Porém, se observa com facilidade em lavouras vizinhas ou próximas a presença de plantas daninhas, principalmente nas beiras de estradas e carreadores, o que representa um grande perigo aos demais produtores rurais da regiãos, devido a facilidade de disseminação dessas espécies, como o próprio capim amargoso e a buva, além do picão preto (Bidens pilosa), capim carrapicho (Cenchrus echinatus) e serralha (Sonchus oleraceus). Foto: www.portalmundodasflores.com.br

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •  
Sem categoria

Atualizado em: 8 de outubro de 2018

Artigos Relacionados