Mulheres se destacam em vestibulares com cursos voltados ao agronegócio

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Há algum tempo atrás, quando se pensava em cursos voltados ao agronegócio, o sexo masculino se destacava. Cursos como agronomia que é voltado especificamente ao agronegócio e ao crescimento, zootecnia que é voltado especificamente à produção animal, e medicina veterinária voltado a assistência clínica e cirúrgica de animais, tem tido aumento na procura pelos vestibulandos de todo o pais.

Segundo a diretora da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias da Unesp, Maria Cristina Thomaz, esse aumento se deve à grande procura e interesse das mulheres por essas profissões, principalmente a medicina veterinária.  Em algumas faculdades, a procura tem sido tão grande, que as mulheres chegam a ocupar cerca de 38 a 40 vagas de 50 oferecidas.

Ainda, segundo Maria Cristina, o crescimento do agronegócio brasileiro fez com que os jovens interessados no campo procurassem mais esses cursos voltados à pecuária e à agricultura.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •  
Sem categoria

Atualizado em: 5 de março de 2013

Artigos Relacionados