Norma para o trânsito e abate de ovinos é estabelecida pela Iagro

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

 

A portaria da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro) que estabelece a criação da propriedade de descanso de ovinos para abate (Pdoa) e disciplina o trânsito dos animais, foi publicada no Diário Oficial do Estado no dia 29.

De acordo com a portaria nº 2.653, de 24 de outubro de 2012, a Pdoa é uma propriedade rural destinada à permanência temporária, de no máximo três dias, de ovinos até o transporte definitivo para o estabelecimento de abate. Toda fazenda destinada para este fim deverá ter cadastro na Iagro e na Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz), assim como um veterinário responsável.

A infraestrutura da Pdoa deverá contar no mínimo com curral provido de divisões e embarcador que atenda os princípios de bem estar dos animais, bem como área de sequestro isolada do curral.

A portaria estabelece, em relação ao transporte dos ovinos, que os veículos transportadores que se destinarem a Pdoa deverão estar devidamente limpos e livres de palha de arroz e maravalha, e deverão ser desinfetado após o desembarque dos ovinos na propriedade de descanso.

 A inspeção prévia e autorização das propriedades como Pdoa ficam a cargo da Iagro e ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).   O produtor interessado deverá procurar a Iagro da sua região.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •  
Sem categoria

Atualizado em: 12 de setembro de 2018

Artigos Relacionados