Preparo de rufiões em ovinos

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

No preparo de rufiões para monta pode ser usada várias técnicas, cirúrgicas ou não, que são utilizadas de acordo com a necessidade do produtor. Onde são levadas em conta a durabilidade do rufião, a escolha da técnica de preferencia e a facilidade do médico veterinário em fazer a cirurgia.

A melhor técnica observada será a que tiver maior duração, seja de fácil realização, baixo custo e a que oferece maior segurança. O animal escolhido pra rufião deve ter a libido testada, em qualquer que seja a técnica a ser utilizada, é recomendável que os animais tenham idade igual ou superior a um ano.

São mais indicados aos rufiões que servirão somente em um período curto de tempo, os métodos que não impedem a copula, mas o controle sanitário deve ser garantido a fim de evitar a transmissão de doenças ocasionadas pela reprodução. Essas técnicas são menos invasivas, mais práticas e mais indicadas.

Já as técnicas que impedem a exposição do pênis são viáveis, pois na maioria das vezes são fáceis de executar e tem baixo custo. A desvantagem é o desconforto do animal na tentativa de cópula que pode acarretar diminuição da libido. De fácil execução a técnica da curvatura caudal da flexura sigmoide não causa esse tipo de problema.

As alternativas viáveis são as técnicas que promovem o desvio, tomando o cuidado na hora de selecionar as que não causam desconforto animal ou acúmulo de urina nos pelos, pela alteração anatomofisiológicas ocasionada pelo processo cirúrgico. Esse tipo de técnica é durável, mas de difícil execução.

Portanto, a técnica de preparo de rufiões utilizada deve ser aplicada de acordo com a necessidade do produtor, e fatores como a durabilidade do rufião, preferência do proprietário pela técnica e a facilidade do médico veterinário em executar a técnica proposta devem ser levadas em conta. Todavia, a técnica ideal é a que apresenta a maior duração, seja de fácil realização, tenha baixo custo e segurança para a não fecundação das fêmeas.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •  
Sem categoria

Atualizado em: 4 de julho de 2013

Artigos Relacionados