Como aumentar a produção de bezerros de corte?

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
produção de bezerros de corte

Uma boa produção de bezerros é a meta de quem investe na pecuária de corte e deseja ter bons resultados na atividade, ampliando a lucratividade. Mas afinal, o que é preciso para obter a maior quantidade de bezerros e que apresentem elevado ganho de peso?

Primeiramente, para trabalhar com a produção de bezerros de corte, o profissional deve conhecer as principais técnicas de administração econômica de bovinocultura. E, também, saber realizar um bom manejo sanitário, de pasto e nutricional das vacas e dos bezerros. 

Além da morfologia, avaliação e eficiência reprodutiva, seleção de matrizes e reprodutores, também precisa conhecer a fundo os aspectos teóricos e práticos das principais biotécnicas da reprodução animal. Enfim, o foco deve estar em toda a gestão do processo do negócio produtivo e não apenas no produto.

Para entender melhor esse assunto, neste artigo vamos falar sobre os principais pontos para otimizar a produtividade com eficácia e a máxima eficiência possível. Confira!

Alternativas para aumentar a produção de bezerros de corte e a lucratividade

As propriedades que investem na produção de bezerros precisam adotar algumas atitudes simples e fundamentais para ter bons resultados. A seguir apresentamos algumas delas:

  • Primeiramente é fundamental definir objetivos e investir onde é prioridade. Realize um bom planejamento da gestão administrativa;
  • Escolha a raça que mais adeque às suas expectativas, necessidades e à região da propriedade e faça uma criteriosa seleção dos animais;
  • Faça um planejamento bem definido da estação de monta, conforme o regime de chuvas da região. Assim, o período de maior oferta de alimentos de qualidade pode  se ajustar àquele de maior demanda nutricional por parte do animal, o que ajuda a reduzir consideravelmente os custos com suplementação; 
  • Realize a identificação das vacas e suas crias e o registro das principais ocorrências como nascimentos, abortos, mortes etc., e das práticas de manejo utilizadas;
  • Também é preciso realizar o desmame precoce, preferencialmente entre os 90 e 120 dias de idade. Isso vai estimular o desenvolvimento ruminal dos bezerros e eliminar o estresse da lactação nas fêmeas. Lembrando que no sistema produtivo da pecuária de corte, a produção de bezerros desmamados representa a maior fonte de receita do criador;
  • Determine o melhor sistema de acasalamento de acordo com os objetivos e possibilidades do produtor;
  • Para melhorar a eficiência reprodutiva, realize diagnósticos de gestação e já descarte do rebanho as fêmeas vazias;
  • Selecione e prepare as novilhas para a reposição. Estas precisam ser bem manejadas para que seu desenvolvimento não seja prejudicado;
  • Explore o potencial genético dos animais. A aplicação de biotécnicas reprodutivas como Inseminação Artificial (IA), IA em Tempo Fixo (IATF), Transferência de Embriões e FIV, também são excelentes alternativas para aumentar a produção de bezerros de corte de excelente qualidade. 

Além disso, dois manejos são fundamentais nesse processo:

Manejo sanitário

O manejo sanitário do rebanho é fundamental para prevenir e controlar doenças que podem comprometer os resultados da criação. 

A falta de controle de doenças como mastite, doenças de casco, doenças metabólicas, ecto e endoparasitoses, doenças reprodutivas como brucelose, tuberculose,  brucelose, tricomonose, campilobacteriose, leptospirose, rinotraqueíte infecciosa (IBR) e a diarreia viral bovina (BVD), pode levar a uma alta incidência das mesmas, gerando sérios danos à produção.

Adotando um programa de controle sanitário do rebanho é possível prevenir doenças infecciosas de origem bacteriana, viral e parasitária que podem impedir a fecundação, causar abortos ou produzir bezerros com peso inferior à média.

Um bom programa de prevenção e manutenção da saúde do rebanho deve incluir medidas como vacinação, exames, limpeza e higienização das instalações zootécnicas, tratamentos profiláticos ou curativos, desinfecção umbilical do recém-nascido, ingestão precoce do colostro entre outros.

Manejo nutricional das vacas e dos bezerros 

A nutrição é um dos fatores que mais influenciam o desempenho de um rebanho. Por isso, é muito importante se atentar a cada fase reprodutiva ou de desenvolvimento e as exigências nutricionais de cada uma delas.

Matrizes

Para as matrizes, as necessidades de proteína, energia, minerais e vitaminas mudam em cada fase reprodutiva e devem ser suficientes para atender às exigências nutricionais. A nutrição inadequada impede o bom desenvolvimento do bezerro, atrasa o retorno do cio pós-parto, reduz a produção do leite, atrasa o retorno da atividade reprodutiva e diminui os índices de concepção. 

Bezerros

Uma boa alternativa para agregar valor ao produto é a suplementação do bezerro a partir do quarto ou quinto mês de vida que pode acelerar e influenciar o aumento de peso. A consequência é o aumento da produtividade.

A alimentação por influência, ou creep feeding, é um sistema de passagem prático que tem o objetivo de suplementar a alimentação da cria, em fase de amamentação, sem separá-la de sua mãe. 

A ração concentrada e balanceada, geralmente enriquecida com minerais e vitaminas, deve ser disposta em cochos privativos, no qual só os bezerros tenham acesso.

Abate

Como o tempo de abate diminui de acordo com o peso do bezerro desmamado, a quantidade elevada de quilos vai elevar seu valor de venda ou diminuir seus custos de permanência na propriedade. 

Esse sistema serve para aumentar o peso do bezerro à desmama, melhorar o desempenho das crias durante o período de terminação, antecipar o período de abate e facilitar o controle de parasitas. Também é vantajoso para que as matrizes ganhem peso, tenham menores exigências nutricionais e retornem ao cio mais rapidamente.

Porém, é preciso avaliar a realidade e os objetivos de cada produtor para garantir que o sistema seja lucrativo.

Todas essas alternativas são alguns dos meios disponíveis para otimização da produção de bezerros de corte. Sendo assim, a viabilidade do sistema vai depender totalmente da eficácia e eficiência com que são utilizados. 

O ideal é contratar profissionais qualificados com experiência e conhecimento das diversas variáveis envolvidas no processo e que levem em consideração a realidade de produtor, para que o mesmo possa tomar decisões mais acertadas.

Se você quer crescer com o mercado e ganhar destaque profissional, você precisa garantir a evolução constante em seu aprendizado. O Curso de Pós-Graduação em Reprodução e Produção de Bovinos, do CENVA, irá proporcionar a você um conhecimento exclusivo sobre a área, complementando o seu currículo e agregando valor à sua carreira profissional. E tudo isso com um grande diferencial: a experiência prática com treinamento individual e intensivo.

Não perca mais tempo! O CENVA vai preparar você para engajar neste mercado de trabalho altamente lucrativo, contribuindo com a sua rentabilidade e auxiliando os produtores a alcançarem maior produtividade. Veja mais informações aqui.

Fontes: CPT Cursos Presenciais, Embrapa, Canal Rural, Giro do Boi,     

  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Artigos Relacionados